Prefeito e vice de Riversul participam do 1º Seminário de Gestão Pública; governador anunciou R$ 300 mil para infra a municípios com até 20 mil habitantes

Nesta quarta-feira (19), o prefeito Guilherme Gomes e seu vice-prefeito Marcos Roberto dos Santos estiveram em SP no Palácio dos Bandeirantes, onde participaram do 1º Seminário de Gestão Pública, aberto pelo governador João Dória.

Após o seminário, Guilherme Gomes fotografou-se com o governador João Dória, com o vice-governador Rodrigo Garcia, com o deputado Herculano Passos e outros.

“Foi muito produtivo esse seminário, pois aprendemos detalhes novos de gestão que muito nos ajudarão no dia a dia da nossa administração em Riversul. E além disso aproveitamos para estreitar relacionamentos políticos com o governador João Dória, vice-governador Rodrigo Garcia, secretários de Estado e com deputados. Essa interação com essas autoridades nos ajudam muito a conseguirmos benefícios públicos para a nossa Riversul”, comentou o prefeito Guilherme.

Iniciativa inédita na administração pública paulista, a realização do seminário de gestão reuniu cerca de 1,5 mil gestores de 509 municípios, entre eles 503 prefeitos. O evento teve início de manhã e se estendeu até o começo da tarde, com palestras sobre governança e resultados, projetos e metas, gestão descentralizada e digitalização de processos.

O objetivo do Seminário Paulista de Gestão é oferecer aos administradores municipais paulistas uma oportunidade para aprimorar sua experiência por meio da interlocução com agentes de outras esferas do poder público, potencializando resultados que beneficiem cada vez mais os municípios paulistas e a população do Estado

Governador João Dória confirmou liberação de R$ 230 milhões para 567 cidades durante seminário com mais de 500 prefeitos

O Governo do Estado confirmou o repasse recorde de R$ 230 milhões para convênios de infraestrutura urbana na atual gestão. A verba atenderá 567 municípios e foi anunciada nesta quarta-feira (19), durante o 1º Seminário de Gestão Pública, realizado no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

“Não tenho dúvidas de que sou um Governador municipalista. Essa é a forma correta de se fazer gestão. É uma deliberação do nosso Governo, descentralizar recursos e acreditar na capacidade dos prefeitos e prefeitas”, afirmou o Governador João Doria no evento.

Critérios

O dinheiro será escalonado de modo a priorizar apoio do Governo do Estado a municípios com até 100 mil habitantes. Segundo os critérios da Secretaria de Desenvolvimento Regional, cidades com até 20 mil habitantes poderão pleitear repasses de até R$ 300 mil.

O valor sobe para R$ 500 mil para municípios com até 50 mil habitantes e atinge o máximo de R$ 700 mil para as cidades maiores. As prefeituras poderão apresentar projetos para aplicação da verba a partir desta quarta.

Os repasses estaduais deverão custear, parcial ou integralmente, obras de infraestrutura urbana e pavimentação e recapeamento de ruas, além de construção ou reforma de escolas e praças. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, os municípios com população superior a 100 mil habitantes também poderão pleitear novos convênios para programas específicos que serão anunciados pelo Estado nos próximos meses.

Avaliação

A previsão é que os repasses comecem a ser feitos no segundo semestre. Os pedidos apresentados pelas prefeituras serão avaliados pelo corpo técnico e financeiro da gestão estadual. A partir da aprovação, o dinheiro será liberado mediante contratação dos serviços e medição de cada etapa das obras.

Em contrapartida, o Governo Paulista exigirá que as prefeituras atendam a metas de gestão pública estabelecidas pelo Palácio dos Bandeirantes. Entre elas, estão aumento no número de matrículas em creches, pré-escolas e ensino fundamental; redução da taxa de mortalidade infantil; e queda no número de mortes por homicídios e em acidentes de trânsito.

“As novas diretrizes do Governo foram expostas aos prefeitos. Apresentamos programas que qualificam, focalizam e modernizam as políticas públicas, pactuando resultados e investindo na descentralização dos recursos,” enfatizou Marco Vinholi. (Com o Portal do Governo de SP)

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de