Segurança na rodovia – CCR SPVias promove treinamento para equipes que atuam na linha de frente nas estradas

Iniciativa realizada em parceria com a Artesp e Polícia Militar Rodoviária, reforçaram questões de segurança para preservar a integridade física de quem trabalha nas vias.

A CCR SPVias em parceria com a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) e Polícia Militar Rodoviária, realizaram na manhã dessa sexta-feira, 9, treinamento de segurança viária para 370 colaboradores que atuam na linha de frente dos serviços de manutenção, obras e operação das rodovias.

O objetivo do treinamento foi reforçar os princípios fundamentais da segurança, visando preservar a integridade física dos colaboradores que estão na pista, assim como dos motoristas que trafegam nas rodovias.

O treinamento abordou aspectos como o uso correto dos EPI’s, características do ambiente rodoviário, posicionamento e comportamento seguro na via, sinalização adequada para os trechos com intervenção no tráfego, orientações para uma comunicação ágil em situações emergenciais.

De acordo com Vinicius Antonioli, Gerente de Operações da CCR SPVias, a reciclagem de treinamentos para colaboradores diretos e indiretos da Concessionária, é fundamental para minimizar os riscos de acidentes de quem está exposto na rodovia. “Nosso principal valor é a segurança! Por isso mantemos um cronograma intenso de capacitações e iniciativas que contribuem para a valorização da vida”.

Antonioli destaca ainda o Movimento Afaste-se, cujo principal objetivo é prevenir acidentes e reduzir os riscos para os profissionais que trabalham nas rodovias, nos serviços de manutenção ou prestando apoio aos motoristas em atendimentos mecânicos ou emergências médicas. “A proposta é que o condutor do veículo, ao perceber uma situação que envolva qualquer tipo de atendimento nas rodovias, principalmente no acostamento, mude de faixa sempre que for possível e seguro ou reduza a velocidade do veículo”.

A iniciativa foi inspirada a partir do conceito do Move Over Law, uma lei originada dos Estados Unidos depois de um acidente de trânsito com o paramédico James Garcia, em 1994, na Carolina do Sul. Garcia estava trabalhando na rodovia no momento do acidente.

A lei norte-americana exige que todos os condutores devem reduzir a velocidade e mudar imediatamente de faixa quando o motorista ver parado no acostamento ou no meio-fio, viaturas que estejam prestando serviços e que tenham as luzes de emergência acesas. O desrespeito a essa lei é passível de multa nos Estados Unidos.

No Brasil, o Movimento Afaste-se foi criado pelo Grupo CCR e vem expandindo sua área de atuação, com a adesão de outras concessionárias como o Grupo EcoRodovias e outros órgãos ligados à operação rodoviária.

Sobre a CCR SPVias: A CCR SPVias opera uma das maiores malhas rodoviárias do Estado de São Paulo, com 516 quilômetros de rodovias que ligam os municípios de Tatuí, Espirito Santo do Turvo, Araçoiaba da Serra, Itapetininga, Avaré, Itaí, Capão Bonito e Itararé. Fazem parte do sistema as rodovias Castello Branco (km 129 ao 315), Raposo Tavares (km 115 ao 168) João Mellão (km 237 ao 288), Francisco Alves Negrão (km 222 ao 342), Antonio Romano Schincariol e Francisco da Silva Pontes (km 105 ao 213).
Sobre o Grupo CCR | O Grupo CCR, maior empresa de infraestrutura de mobilidade do Brasil, atua nas plataformas de Rodovias, Mobilidade Urbana e Aeroportos. São 39 ativos, em 13 estados brasileiros e mais de 17 mil colaboradores. O Grupo é responsável pela gestão e manutenção de 3.615 quilômetros de rodovias, realizando cerca de 3,6 mil atendimentos diariamente. Em mobilidade urbana, por meio da gestão de metrôs, trens, VLT e barcas, transporta diariamente 3 milhões de passageiros. Em aeroportos, com 17 unidades no Brasil e três no exterior, atende 46 milhões de clientes anualmente. A companhia está listada há 13 anos no hall de sustentabilidade da B3. Mais em: grupoccr.com.br.

Daniele Rolim | Comunicação CCR SPVias

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments