Contra o cerol: Campeonato de pipa em Itararé superou expectativas

O campeonato de pipas(com distribuição gratuita de pipas e carretéis de linha), promovido pela Prefeitura através da Guarda Municipal, para orientar contra o uso do cerol, superou as expectitivas. Mais de setecentas pessoas, entre crianças e adultos estiveram no pátio da Guarda Municipal com

 diversas pipas feitas em casa, proporcionando um colorido todo especial nos céus da cidade.

Antes do início do concurso, todas as crianças passavam por uma sala onde foi apresentado um vídeo sobre os perigos do cerol nas pipas. Segundo Alisson Riveli, Guarda Municipal e palestrante, muitos casos de acidentes com cerol acontecem no Estado de São Paulo e também em Itararé com consequências graves, principalmente para ciclistas e motociclistas que acabam tendo mãos, pés e até mesmo o pescoço cortado com este tipo de material, ao circular pelas ruas das cidades.
 
Outro perigo apresentado no vídeo para as crianças presentes foi o ato de empinar pipa próximo as redes elétricas, acarretando choques graves em crianças e adultos, muitas vezes levando à morte. “A partir deste evento, alertamos a todos os adultos e crianças que estaremos realizando a aplicação da Lei Municipal nº2906 de outubro de 2005, que prevê a apreensão do material e multa no valor de R$ 240,00. As crianças que forem pegas empinando pipa com cerol, terão seus pais responsabilizados pelo ato e terão que responder criminalmente”, informou Riveli.

A Prefeitura distribuiu cerca de setecentas pipas para todas as crianças que participaram da palestra e logo após realizou o concurso premiando a maior pipa, a mais criativa e a menor. Foram diversos prêmios entre eles 01 PlayStation II para a pipa mais criativa e que teve como ganhador, Samuel Pedroso. O prêmio de maior pipa foi para Wilson José de Camargo e de menor pipa, Edgard de Oliveira.

O prefeito Luiz Cesar Perucio esteve presente ao evento e falou que este tipo de promoção é muito importante, para que as crianças e os pais se conscientizem dos perigos do cerol. “Eu mesmo tive parentes envolvidos em acidentes causados pelo cerol e é um grande perigo para a vida das pessoas. É preciso que isto mude em nossa cidade e que todos se divirtam de uma maneira mais saudável e menos perigosa”, finalizou o prefeito. (Com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura)
 
 
 
 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas