Desaparecido há 11 dias, o Sr. Ticá ainda não foi encontrado

Ticá BaianoApesar de buscas intensas, o Sr. Mário da Rocha, conhecido como Ticá Baiano, de 82 anos, desaparecido na manhã do dia 19 deste mês, quando saiu de sua residência no Bairro Nico Modesto,  ainda não foi encontrado. Ele sofre de *Alzhaimer. Segundo informou há pouco a sua neta Érica Proença, todas as indicações de lugares, casas de amigos e parentes, pontos e cidades onde…

ele poderia ser encontrado foram checados, porém ele ainda não foi encontrado. Ela informou que esteve ontem(29) checando indicações em Paranapanema, Piraju em Taquarituba, sem contudo localizá-lo ou obtido outras indicações. Cartazes com a foto dele e descrição estão espalhados por todos os pontos das cidades desta região. 

Logo após seu desaparecimento, familiares obtiveram informações que ele teria sido visto no dia de seu desaparecimento(19) em um determinado ponto de uma extensa área – em torno 900 alqueires – de cultivo de pinus no município de Coronel Macedo, próximo de onde mora. Mas o local e as imediações apontadas foram vasculhadas e nada dele foi encontrado.

Todos os familiares continuam nas buscas com muita determinação para encontrá-lo. Além dos familiares, equipes do Corpo de Bombeiros vem realizando buscas nessa floresta. A comunidade também está auxiliando. Organizados em grupos, motoqueiros e cavaleiros fazem varreduras na referida área.

*Alzhaimer – doença que degenera os neurônios do cérebro e causa diminuição das faculdades mentais, com progressiva perda de memória e do sentido de orientação, e depois, da capacidade de se comunicar e de agir, até o alheamento total.

Anteontem um familiar fez contato com a Polícia Militar de Itaporanga para solicitar o serviço do canil, buscas especializadas com cães farejadores e foi orientada, de acordo com as normas, que fosse formulado um requerimento ao comandante do Pelotão, que por sua vez, tendo isso em mãos, solicitaria o serviço na Base Regional, em Sorocaba.

A família ainda tem esperança de encontrá-lo ainda vivo e pede a todos que o tenham visto para que entrem em contato pelos telefones:

Elisa (filha) (15) 3565 1488 – Celulares: Elisa (15) 996376616, Marli (filha) (15) 997575361,
Curguinho (genro) (15) 996273525 e Érica (neta) (15) 997146177

Ticá Baiano

Compartilhar

Notícias relacionadas