Escolas de Botucatu passam a contar com novas tecnologias em benefício do ensino

O prefeito João Cury Neto assinou na manhã desta quarta-feira (17) o termo de cooperação técnica entre a Prefeitura de Botucatu, a NET Serviços LTDA., e o Instituto Crescer para a implantação do programa Net Educação em unidades de ensino do Município. O lançamento do programa ocorreu no 

Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci” para um público formado essencialmente por profissionais da Rede Municipal de Ensino como professores (as), diretores (as) e assistentes de direção, e coordenadores de escolas.


A primeira etapa deste projeto piloto prevê a seleção e capacitação de 50 professores de oito escolas de Ensino Fundamental I [Angelino de Oliveira; Rafael de Moura Campos; Dr. Cardoso de Almeida; Profº Américo Virgínio dos Santos; Dr. João Maria de Araújo Júnior; Escola de Jovens e Adultos – EJA; Luiz Carlos Aranha Pacheco e Martinho Nogueira], que por sua vez serão contempladas com pontos de TV da NET.

A empresa também finaliza a instalação de internet banda larga para todas as 42 unidades educacionais vinculadas ao Município, beneficiando assim, quase 14 mil alunos. 

A formação dos professores será feita a distância e terá duração de dois meses, com acompanhamento dos técnicos do Instituto Crescer. Entre os objetivos a serem alcançados através dessa nova iniciativa estão: contribuir para a melhoria da qualidade da educação; propiciar novas estratégias de ensino com suporte de tecnologias digitais; estimular uma rotina de planejamento e avaliação permanente pelos professores; reconhecer a importância de se privilegiar um currículo onde o foco maior está no desenvolvimento das competências básicas como prevê os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais) e elevar a autoestima dos professores que terão seus trabalhos publicados no Portal Net Educação [www.neteducacao.com.br].

No lançamento do programa, a NET foi representada por José Willian Galvão, gerente de operações em Botucatu, e Daniely Cristina Gomiero, gerente de comunicação interna e responsabilidade social da empresa. “Além de Botucatu, estamos lançando esse piloto em apenas mais três do total de 94 cidades em que a NET opera no Brasil: Taubaté, Marília e Vitória (ES). É um privilégio estreitar laços com a Prefeitura e colaborar com a educação do Município”, disse Galvão. “Queremos mostrar aos professores que a internet e demais ferramentas que a tecnologia nos proporciona não são bichos de sete cabeças. 

No final das contas será uma troca de experiências entre alunos e professores, que continuarão a ser os grandes produtores de conhecimento mas que poderão usar a tecnologia da melhor maneira possível em prol da pesquisa e educação”, complementou Daniely.

Poder Público satisfeito
O secretário municipal de Educação, Narcizo Minetto Júnior, salienta que a inserção de novas tecnologias no cotidiano escolar, utilizadas da forma correta, facilita o processo pedagógico. “Como fizemos quando incluímos nas escolas da Rede Municipal o projeto Sangare, que propõem o ensino da Ciência de forma prática e inteligente, além do sistema de apostilamento Name/COC, mais uma vez a Prefeitura está dando um passo à frente na educação de nossos alunos. O futuro é agora, não podemos mais fugir do computador e das ferramentas multimídias. O professor que consegue desvendar essas novas tecnologias se torna uma facilitador maior do conhecimento”, enaltece. 

O prefeito João Cury Neto disse que, depois de proporcionar a entrega de kits de uniformes completos e materiais escolares ainda no ano passado, disponibilizar novas tecnologias à educação do Município é mais uma maneira de promover a inclusão de estudantes e professores. “No Distrito de Vitoriana, há alguns anos não havia sinal de internet. Quando inauguramos a subprefeitura e instalamos computadores através do Acessa São Paulo, jovens que tinham problemas até de alcoolismo passaram a ter uma nova opção de lazer e acesso à informação. O local se tornou um espaço de convivência e conexão com o mundo. Ver que essa tecnologia chegará mais rápida a todos nossos alunos é muito gratificante, mas mesmo atingindo ótimos desempenhos na nossa educação não podemos nos acomodar. Buscaremos sempre novidades”, afirma o chefe do Executivo Municipal. 

Ele aproveitou para informar que aqueles professores que participarem do projeto poderão ganhar pontos que serão somados à progressão funcional prevista para seus cargos junto à Secretaria Municipal de Educação. “Apesar de toda essa novidade, posso dizer com convicção de que nada substitui a paixão de ensinar e a vocação de nossos professores”, complementa.

Após a assinatura do termo de cooperação, Luciana Allan, doutora pela Universidade de São Paulo (USP) e diretora técnica do Instituto Crescer, palestrou ao público presente sobre o uso de tecnologias digitais na educação com abordagem no curso “Educonexão: Novas Tecnologias e novos recursos para uma nova educação”, que somará 40 horas, e será feito pelos 50 professores municipais selecionados, entre o final de agosto a setembro próximo. 

Sobre a NET 
É a maior empresa de serviços de telecomunicações via cabo da América Latina. Até 2010 possuía 4,2 milhões de clientes de TV por assinatura e 3,5 milhões de assinantes de internet banda larga. Em 2004 criou o Portal Net Educação, um programa de responsabilidade social de acesso livre e gratuito, com objetivo de incentivar a utilização das novas mídias na sala de aula e, consequentemente, contribuir à educação. O programa foi premiado pela Unesco como melhor iniciativa empresarial na categoria “Comunicação e Informação”.

Sobre o Instituto Crescer
ONG com sede em São Paulo que há dez anos trabalha com projetos na área de educação, muitos voltados à formação de professores para uso de tecnologias digitais. Mais informações no site www.institutocrescer.org.br.
 
 
 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas