HCFMB emite nota sobre atendimento no Pronto Socorro Adulto (PSA)

Sobre as frequentes colocações públicas em relação ao atendimento, fluxo de internação e demais assuntos relacionados ao Pronto Socorro Adulto (PSA), o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) esclarece os seguintes pontos:

  • O PSA é um serviço que prioriza os atendimentos de urgência e emergência 24h/dia. O atendimento é feito via classificação de risco pelo Protocolo de Manchester, que define a ordem de atendimento médico de acordo com a gravidade do paciente.
  • Quanto mais grave for o quadro, mais rápido será o atendimento. Casos classificados como não urgentes podem ser orientados a procurar outros serviços de saúde.
  • Devemos destacar que vivemos um período de Pandemia, o que eleva o número de atendimentos por pacientes com suspeita ou confirmados de COVID-19. O PSA atua há quase dois anos muito acima da sua capacidade.
  • O PSA tem passado por uma reestruturação administrativa, assistencial e estrutural. Há quase um mês, a escala de plantonistas está sendo revisada e estruturada, novos serviços foram implantados (como Serviço Social, Fisioterapia, Psicologia, entre outros) e a nova gestão vem trabalhando para que o atendimento melhore e se normalize o mais rápido possível.
  • A gestão do PSA é compartilhada entre o HCFMB e a Prefeitura Municipal, que acompanha e está ciente de todas estas mudanças. A Prefeitura não fiscaliza o trabalho do HCFMB, mas sim atua em conjunto na gestão administrativa e assistencial.

Pedimos a compreensão da população neste período de pandemia, onde os casos de COVID-19 têm aumentado semanalmente, e orientamos para que só procurem atendimento no PSA em caso de urgência ou emergência. Os demais casos podem ser atendidos pelas Unidades Básicas de Saúde do município.

Casos pontuais de demora no atendimento de pacientes idosos, regulação de vagas e fluxo de internação devem ser encaminhados à gestão do HCFMB, via Gerência de Comunicação. Os casos serão analisados individualmente, para que as providências sejam tomadas.

O HCFMB reitera que reconhece as falhas atuais, trabalha para corrigi-las e fica à disposição para qualquer esclarecimento necessário.

Vivian Abilio | Assessoria de Imprensa – GCIM HCFMB

Compartilhar

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments