Dois professores em sala de aula

Apoio ao aluno, Ler e Escrever – Programa desenvolvido pela Secretaria da Educação que coloca um segundo professor nas salas de aula do 1º ano do ensino fundamental. A seleção destes profissionais é feita a partir de uma parceria com instituições públicas e privadas que ofereçam cursos presenciais de graduação em Pedagogia ou Letras, com habilitação para Magistério de 1ª a 4ª série do ensino fundamental. As instituições interessadas se cadastram através do site: www.escolapublica.fde.sp.gov.br ou comparecendo a sede da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) – Avenida São Luis, 99, das 8h30 às 17h (segunda a sexta-feira). Depois da confirmação das instituições participantes, é a vez dos alunos que desejam participar se cadastrarem. As instituições de ensino devem apresentar um plano de trabalho que será avaliado pela Secretaria da Educação. O Ler e Escrever, que este ano chega ao interior e litoral do Estado, possui ainda recuperação e materiais didáticos específicos para uso em sala de aula. Todos os professores auxiliares recebem bolsa auxílio no valor de 500 reais. Recuperação Para melhorar o aprendizado dos alunos do ensino fundamental e do ensino médio, a Secretaria de Educação desenvolveu 5 tipos de recuperação: Milton Michida Material escolar desenvolvido para os alunos Projeto Intensivo de Ciclo – PIC Voltado para os alunos de 3ª e 4ª série que não tiveram uma boa avaliação no Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar – Saresp. Os alunos da 3ª série que integram as salas do PIC são aqueles que chegaram a esse ano escolar sem ter aprendido a ler e escrever. No caso dos alunos da 4ª série, são matriculados nessas turmas específicas os alunos que ainda não tem o domínio da leitura e da escrita. Todos os estudantes do PIC recebem materiais didáticos específicos com o material do aluno que faz a interface das áreas de ciências naturais e sociais, além de conteúdos específicos de matemática. A Secretaria da Educação está preparando ainda, salas com livros de literatura infantil (para a 3ª série) e de literatura infanto-juvenil (para a 4ª série), que deverão contar com 40 livros por classe. Recuperação de 42 dias no início do ano letivo No início do ano letivo haverá um reforço em português e matemática para os alunos de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. O objetivo é reforçar o aprendizado nessas disciplinas, consideradas básicas para qualquer outra matéria do currículo. As aulas contam com um material didático especial, desenvolvido pela Secretaria da Educação, que visa recuperar esses conteúdos básicos. Recuperação continuada Ainda com o objetivo de reforçar o aprendizado, a recuperação continuada é uma modalidade na qual os alunos que não atingiram desempenho satisfatório nos 42 dias iniciais de recuperação, permanecerão, por mais dois meses, acompanhando aulas de reforço após o horário de aula, ou aos sábados. Recuperação de Alfabetização para a 5ª série Voltada aos alunos que não estiverem com problemas de leitura e escrita quando chegarem à 5ª série do Ensino Fundamental. São aulas de reforço paralelo em uma classe de aceleração. Recuperação de conteúdo da 2ª e 3ª série do Ensino Médio para ingresso em universidades Voltado a alunos que desejam continuar os estudos e ingressar em uma universidade. A Secretaria da Educação realizou uma revisão curricular, o que permitindo que as escolas disponham de seis horas semanais destinas a revisão de conteúdos. Nesta etapa da formação escolar, os alunos também podem optar por um curso técnico. São Paulo Faz Escola A Secretaria da Educação passou a confeccionar o seu próprio material curricular. Uma equipe de especialistas e técnicos da secretaria avaliaram o material preexistente e produziram o material curricular de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. Esses materiais, padronizados, fazem com que os professores tenham um conteúdo fixo a ser aplicado, a cada bimestre. Dessa forma, caso o professor falte, o substituto saberá que matéria aplicar, evitando perdas de conteúdo por parte dos alunos. Fome de Leitura Desde novembro de 2008, todos os estudantes de 5ª a 8ª série e de Ensino Médio, recebem três livros infanto-juvenis de escritores brasileiros. O objetivo é estimular os alunos, que, além da leitura em sala de aula, podem levar os livros para casa. Acervo Sala de leitura A Secretaria da Educação distribuirá um acervo às Salas de Leitura para as escolas de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Cultura é Curriculo É o maior programa do Brasil destinado a levar cultura a estudantes. O objetivo é proporcionar a 1 milhão de alunos visitas a instituições culturais, projeção de filmes e comparecimento a teatros. O Cultura é Currículo é dividido em três projetos: – Lugares de Aprender: Escola sai da escola Visitas a museus, parques, etc. Ao todo, a Secretaria da Educação fechou acordo com 26 instituições culturais. As visitas serão freqüentes e sempre acompanhadas por um professor. O projeto, que em 2008 ficou restrito às escolas da capital, este ano se expandirá para a Grande São Paulo e para o Interior. – Escola em Cena Proporciona aos alunos do ensino médio e escolas de período integral visitas a peças de teatro e dança, aproximando os alunos das artes. – Cinema vai à escola A Secretaria da Educação adquiriu diversos títulos, entre antigos e contemporâneos, e instalou nas escolas de Ensino Médio aparelhos de DVD. Além disso, foram distribuídos aos professores materiais de apoio como os Cadernos de Cinema do Professor e o vídeo Luz, Câmera… Educação, para auxiliar os professores antes, durante e depois das sessões. Os temas centrais dos filmes são ética, cidadania, meio ambiente, sexualidade, combate às drogas e preconceito.

Compartilhar

Notícias relacionadas