Itaiense, “Mãe da agroecologia brasileira” completa 99 anos e ganha site exclusivo

Austríaca de nascimento e brasileira de coração, com passagem por Passos-MG, Santa Maria-RS, Itaberá-SP e finalmente em Itaí-SP onde se radicou e viveu longos 32 anos, a engenheira agrônoma Ana Maria Primavesi completou nesta quinta-feira, 03 de outubro, 99 anos de existência e de muito trabalho prestado ao ensino universitário na formação de novos engenheiros agrônomos e à agricultura brasileira, que a consagrou como “A Mãe da agroecologia do Brasil”.

Em 1948, junto com o marido Arthur chega ao Brasil, desembarca no Rio de Janeiro, de lá para São Paulo e desta para Passo-MG, depois Itaberá-SP, Santa Maria-RS e depois radica-se em Itaí-SP, onde adquire um sítio no Bairro das Palmeiras, a 12 quilômetros da cidade e onde viveu por longos 32 anos.

Essa propriedade em Itaí, quando a adquiriu era uma área erma, de pastos cheios de barba–de-bode, erosão, cupinzeiros (sinal de terra dura, compactada) e uma gramínea dura e seca, sem uma mina de água sequer, nada. Mas ela a recuperou, tornando-a produtiva.

“Se Dom Helder Câmara lembrasse, embora com foco diferente, a citaria, como exemplo de possibilidade de transformação em seu livro “O Deserto é Fértil”, ItapoNews.

Em 2012 ela deixa a fazenda em Itaí e passa a morar com a filha Carin em São Paulo, na mesma casa que construíra no Brooklin Velho. Aposenta-se definitivamente, deixando um enorme legado em livros, palestras, cursos. Seus ensinamentos transformam vidas. Modos de vida.

E nessa comemoração dos 99 anos de Ana Maria ontem (03), como uma homenagem do Estado de São Paulo a ela, o jornal O Estadão, pela repórter especializada em agricultura Tânia Rabelo, com muita sensibilidade aborda a agroecologia brasileira destacando a sua precursora, que como presente ganha um site exclusivo para armazenar e disponibilizar gratuitamente para o mundo a sua história de vida e dedicação à agroecologia que a cada vez mais ganha novos adeptos e consumidores.

Site https://anamariaprimavesi.com.br/ que traz de forma organizada a biografia dela e todo o seu legado de livros, palestras, cursos e ensinamentos.

Acesse aqui a matéria do Estadão: “Aos 99 anos, Ana Maria Primavesi, precursora da agroecologia no Brasil, ganha site exclusivo”.


Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de