Barão de Antonina 48 anos: II Prova de laço teve início neste sábado

OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Abrindo as comemorações do aniversário de 48 anos de autonomia administrativa, Barão de Antonina-SP, realizou ontem, 16, um show baile aberto ao público no Ginásio de Esportes, animado pela banda Fruto Proibido. Neste sábado, 17, durante o dia todo foi realizada a  primeira parte da Prova do Laço Comprido(não é aquela modalidade em que o animal em disparada, depois de laçado, recebe um contragolpe do laçador).

O evento atrai grande público e várias centenas de exímios laçadores, vindos de todas as partes do Brasil, principalmente da região Sul. Essa modalidade esportiva teve início nos anos 50 na cidade de Esmeralda(RS), que  tem população mais ou menos igual a de Barão de Antonina(3.147 habitantes).

Bons prêmios – Neste domingo, às 8h será realizada a tradicional cavalgada pelas ruas da cidade. Depois, continuidade da Prova de Laço, que premiará os vencedores com  R$ 12.000,00 em prêmios e mais uma Moto 0Km, na modalidade Laço em Dupla. Essa prova tem as modalidades Laço em Trio, Laço Individual. Categorias Adulto, Juvenil e Mirim.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A prova é realizada em uma pista especialmente adequada, localizada ao lado do Ginásio de Esportes.  Nela correm os laçadores e bovinos. De acordo com a Wikipédia, nessa pista existe um ponto chamado raia, um brete de solta, por onde entram os bois na pista e outro brete de chegada, por onde o bovino sai da cancha e onde é retirado o laço da cabeça do animal animais. A raia é a distância máxima na qual o laço deve tocar os chifres do bovino e medem entre 100 e 120 metros contados do brete de soltura do bovinos. Da marca da raia até o brete existe uma área de aproximadamente 30metros, e é onde o laçador tem que completar a laçada, ou seja, fechar o laço antes do animal entrar no brete.

O laço tem em uma ponta uma argola de metal e na outra uma presilha. O seu comprimento total fica entre 18 a 20 metros. É chamada de armada a parte arremessada na cabeça do bovino e tem medidas que obedecem a categoria do laçador. Cada categoria é definida pela idade e/ou sexo.

Numa mesma prova podem competir laçadores de categorias diferentes. A categoria adulta requer uma armada com medida de 8m (circunferência) começando da argola até uma marca feita no laço e mais 4 rodilhas de, no mínimo, 25cm de diâmetro. Mulheres, crianças, veteranos ou vaqueanos tem armadas com dimensões menores. Conforme estipulado, a prova pode ser de armada cerrada ou julgada.

No primeiro caso só é considerada boa a laçada que entrar cerrada no brete do saca-laço. No segundo caso, uma comissão julgadora, manifesta-se no caso do bovino baixar a cabeça na hora do laço tocar as aspas, arbitrando uma repetição para o laçador; ou, quando em ponto de cerrar, o boi retira o laço da cabeça, assim, nesse caso, é considerado pelos juízes uma armada boa. Trata-se de uma competição de precisão e envolve duas fases: uma fase classificatória e uma fase final eliminatória (mata-mata) onde quem errar está fora da competição. Ganha o laçador que tiver 100% de aproveitamento na fase do mata-mata.

Compartilhar

Notícias relacionadas