Botucatu e Caixa assinam contrato de R$ 39 milhões, a fundo perdido para obras do PAC

Esta quarta-feira, 31 de agosto, entrará para a história de Botucatu como a data em que o município formalizou a assinatura de seu maior contrato com o Governo Federal.

Em cerimônia realizada na manhã de hoje, no Salão Azul da Secretaria Municipal de Educação, o prefeito João Cury Neto e representantes da diretoria da Caixa Econômica Federal assinaram o Termo de Compromisso para execução de obras de macrodrenagem urbana viabilizadas através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2.

Os recursos, no valor total de R$ 39.807.839,44, virão do Orçamento Geral da União e serão repassados ao município a fundo perdido para a implantação de reservatórios de amortecimento das águas nos córregos Lavapés, Água Fria, Cascata, Antártica e Tenente.

O projeto, elaborado pela Prefeitura em 2009 e aprovado pelo Governo Federal, prevê a construção de cinco piscinões, desde o Parque das Cascatas, em Rubião Júnior, até o Córrego do Tenente que terão a finalidade de amortizar as águas das chuvas, evitando alagamentos em pontos que há anos são considerados críticos.

A proposta é que o entorno dos locais que abrigarão essas barragens seja revitalizado com a construção de um parque linear, que receberá equipamentos voltados à recreação e ao lazer da população. Os piscinões contarão com comportas para regular a vazão das águas. Com a assinatura do termo de compromisso, o município poderá avançar no processo licitatório para contratação das empresas que executarão as obras.

Compartilhar

Notícias relacionadas