Câmara de Itapeva presta homenagem a Isidro de la Rua

A sessão solene será realizada na próxima sexta-feira, 15, às 20h00 no Plenário Ricardo Campolim de Almeida Neto. O evento será abrilhantado pelo Coral Municipal, Fernando de la Rua e Alex Oliveira. Proposto por todos os vereadores e aprovado por unanimidade…

o Legislativo Itapevense entrega na próxima sexta-feira, 15, o Título de Cidadão Itapevense ao Senhor Isidro de la Rua. A Sessão Solene está marcado para às 20h00 na sede do Palácio Vereador Euclides Modenezi (Câmara Municipal de Itapeva).


Para abrilhantar o evento foram convidados a participar o Coral Municipal de Itapeva, sob a regência do Maestro Elcir Melo, os músicos Fernando de la Rua (filho do homenageado) e Alex Oliveira. 

Isidro de La  Rua Bajo nasceu  em uma pequena cidade da Espanha, na província  de Toledo, chamada Val de Santo Domingo, a 70 Km da capital  Madrid, no dia 15 de maio de 1935, uma ano antes da 1ª Guerra Mundial. 

Aos 6 anos de idade  foi para o Colégio Interno na cidade de Ávila e aos 7 anos ficou órfão de pai.  

Aos 11 anos passou a residir no Bairro de Aravaca, em Madrid,  com sua mãe e irmãos.  Deixou de estudar para trabalhar em Puerto de Hierro,  carregando  tacos de golfe para jogadores da elite espanhola. 

Aos  17 anos   tornou-se pedreiro,  pois seus irmãos Emílio e Pepe,  já  residindo no Brasil, em nossa cidade,  eram mestres nesse ofício.  Além deles, morava aqui também a  irmã Alejandra e Isidro comunicava-se com eles por carta, acalentando a esperança de um dia ser mais  um imigrante a procurar novos caminhos com  o objetivo de ter melhor qualidade de vida. 

No dia 4 de novembro de 1960, após 12 dias no mar,  chegaram ao Porto de Santos,  Isidro com 24 anos,  sua mãe dona Fernanda e sua irmã, Mary Del  Carmem.

Isidro então começa a trabalhar com seus irmãos Emílio e Pepe na firma "Construtora De La  Rua". Em seguida  inauguraram a Casa de Materiais De La Rua Ltda., que por muitas décadas serviu nossa cidade.

Os irmãos De La Rua são responsáveis por um grande  número de construções de residências, clubes, piscinas  e também em obras nas fazendas do município. Detentores de uma técnica avançada em edificações, ajudaram também na formação de outros  construtores,  passando a estes,  além da técnica,  a responsabilidade, a honestidade e principalmente a credibilidade no trabalho feito com confiança. 

Em 1980, Isidro de la Rua assume o cargo de Mestre de Obras nas  empreiteiras de Furnas  Centrais Elétricas, onde permaneceu por 12 anos até sua merecida aposentadoria. 

Quando chegou em Itapeva, em 1960, Isidro conheceu a professora  Ruth Campolim, com quem casou quatro anos depois. Deste matrimônio nasceram os 03 filhos:  Fernando de La  Rua,  hoje residente em Madrid,  capital que o acolheu de braços abertos como músico  internacional, Dr. Eduardo de La Rua, médico, residente em Presidente Prudente e  Juliana de La Rua,  engenheira  florestal, que atua na área de consultoria ambiental e é professora universitária.

Em 1976, os irmãos Isidro e Pepe construíram o Itapeva Golfe Clube, no Bairro das Pedras, a 15 km do município,  transformando  um sonho em realidade. 

Além de ensinarem golfe aos visitantes,  aos amigos e sócios do Itapeva Golfe Clube,  transmitiram seus conhecimentos  para toda a família,  talvez a maior do Estado de São Paulo,  conhecedora de todas as regras de uma partida completa de jogo de golfe, com 16 praticantes.

O Itapeva Golfe Clube, filiado à Federação Paulista de Golfe já formou 4 jogadores profissionais: Eduardo de La Rua, Alexandre Holtz, Pablo de La Rua e Lorenzo de la Rua.

Atualmente Isidro e sua esposa Ruth, ambos aposentados, são voluntários em algumas entidades sociais, às quais levam a música e um pouco da cultura espanhola. Participam também do Coral Municipal de Itapeva. 

SHOW BENEFICENTE

Aproveitando seu retorno à cidade o músico Fernando de la Rua fará um show em Itapeva intitulado  "Encontros" com Fernando de la Rua & Amigos – Alex Oliveira, Baia, Bruninho da Viola e Grupo Sonidos de Espanha. O show acontecerá no sábado, dia 16, às 21h00, no Auditório Pilão D’Água.

Os ingressos serão três caixas de leite e podem ser trocados  na Casa da Cultura e na Estação Cultura. Toda a arrecadação será revertida para a Avacci – Associação de Voluntários no Apoio e  Combate ao Câncer de Itapeva. 
(Assessoria de Imprensa da CMI).
 
Compartilhar

Notícias relacionadas