Toyota produzirá no Brasil primeiro veículo híbrido flex do mundo

Veículo é o único do mundo equipado com um motor elétrico e outro de tecnologia flexfuel, cujo desenvolvimento contou com apoio direto da equipe de engenheiros da Toyota do Brasil O projeto tem parceria com a UNICA e está dentro de um programa de apoio às universidades, como USP e UnB, permitindo a combinação de um motor elétrico e outro à combustão utilizando etanol brasileiro Plano tem respaldo do Programa Rota 2030, que recebeu emenda do deputado Arnaldo Jardim – sancionado pelo governo federal e que visa, dentre outras políticas,…

Com emenda do deputado Arnaldo Jardim, Presidente Michel Temer sanciona o ROTA 2030

Foi sancionada nesta terça-feira (11) pelo Presidente Michel Temer a Lei 13.755, que institui o Rota 2030, um novo regime tributário para as montadoras de veículos no Brasil com a contrapartida de investimentos em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias. Graças à emenda do deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP), o Rota 2030 trará benefícios também aos veículos movidos a álcool, que terão redução de 3% do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A Medida Provisória 843 original abrangia apenas os veículos movidos a combustíveis fósseis, elétricos e os chamados híbridos. O…

Aprovada urgência para projeto que obriga agressor a ressarcir SUS por custos com vítimas

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (4) o regime de urgência para o Projeto de Lei 9691/18, dos deputados Rafael Motta (PSB-RN) e Mariana Carvalho (PSDB-RO), que prevê a responsabilidade do agressor de ressarcir os custos relacionados aos serviços de saúde prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e aos dispositivos de segurança em caso de pânico em situações relacionadas às vítimas de violência doméstica e familiar. Proposta Tramita na Câmara dos Deputados proposta que deixa clara, na Lei Maria da Penha (11.340/06), a responsabilidade do agressor…

Venda de remédios em supermercados divide opiniões em audiência pública na Câmara

Profissionais de saúde e empresários se mobilizaram diante do projeto de lei (PL 9482/18) que permite supermercados e outros estabelecimentos comerciais venderem remédios que não precisam de receita. Em audiência pública da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (27), os debatedores lembraram que não é a primeira vez que o Congresso discute o tema. Em uma comissão lotada, profissionais de saúde e empresários debateram sobre a venda de remédios em supermercados Marcio Milan, da Associação Brasileira de Supermercados, mencionou que, em 1995, por meio…

Deputado Marcos Pereira (PRB), visita regiões para agradecimento da votação obtida

Nesta segunda-feira (26), o deputado federal Marcos Pereira (PRB), eleito com 140.165 mil votos, sendo com isso o 18° dentre os 70 deputados federais eleitos por São Paulo, esteve na região de Jundiaí e Piracicaba para agradecimentos. De acordo com o seu amigo e companheiro de campanha Hélio Godoy, que concorreu mas não se elegeu deputado estadual, Marcos Pereira, representará esta região na Câmara. “Além de presidente nacional do PRB, Marcos Pereira vai liderar a bancada de 30 deputados no Congresso Nacional nestes próximos quatro anos”, diz Godoy O líder…

Comissão avalia venda de remédios em supermercados

Apenas remédios isentos de prescrição, como os usados para tratar febre, tosse e resfriados, poderiam ser vendidos nos supermercados – A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta terça-feira (27) para discutir proposta (PL 9482/18) que permite a venda em supermercados de medicamentos isentos de prescrição. Esses remédios, que obedecem a classificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e não precisam de receita médica para serem comprados, são vendidos atualmente só em farmácias e drogarias. Pela proposta, esses produtos poderiam ser comercializados…

Na Sabesp, Suécia-Brasil discutem biogás como alternativa para transporte sustentável

Dentro do Semanas de Inovação, evento da Embaixada da Suécia ocorreu hoje (26) na sede da Sabesp, uma das parceiras da ação em São Paulo. A Embaixada da Suécia promoveu hoje (26) o seminário Biogás: Uma Cadeia Sustentável para o Transporte Público – evento realizado na sede da Sabesp em São Paulo – uma das parceiras da iniciativa. O seminário, seguido de debate, fez parte das ações das Semanas de Inovação Suécia-Brasil, organizado pela embaixada e que está na sétima edição. O objetivo foi o de discutir o potencial de…

PPS São Paulo faz balanço e apoia Congresso Nacional Extraordinário nos dias 25 e 26 de janeiro de 2019

RUMO DO PPS DO ESTADO DE SÃO PAULO – O PPS – São Paulo, por sua Executiva Estadual, fez um balanço do processo eleitoral e destaca: a- Nosso Partido manteve atuação coerente e foi afirmativo na sua defesa das candidaturas de Geraldo Alckmim e Márcio França; b- Com a eleição de 02 (dois) Deputados Federais e 02 (dois) Deputados Estaduais, mantivemos uma importante participação legislativa. A partir de agora: 1- Apoiamos a convocação de um Congresso Nacional Extraordinário que se realizará nos dias 25 e 26 de Janeiro como o…

Comissão aprova projeto que impede remoção de veículo por débito de IPVA

A proposta será ainda analisada de forma conclusiva pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania – A Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que impede a retirada de circulação de veículo registrado que não esteja devidamente licenciado. Segundo o texto aprovado, a remoção do veículo ocorrerá apenas quando a ausência de licenciamento for constatada em nova abordagem do condutor no prazo de 15 dias até 12 meses após a data da primeira infração. Atualmente, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro…

Futuro ministro da Saúde critica saída repentina de cubanos do Mais Médicos

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou nesta terça-feira (20) o nome do deputado Mandetta (DEM-MS) para ministro da Saúde a partir do ano que vem. Ortopedista pediátrico, Mandetta é deputado federal desde 2011, mas não se candidatou na última eleição. O futuro ministro criticou a saída repentina de Cuba do programa Mais Médicos. Segundo ele, este era “um dos riscos de um convênio de terceirização de uma mão de obra essencial”. Afirmou também que “mais parecia um convênio entre Cuba e o PT, e não entre Cuba e o Brasil”.…