Coronel Macedo realiza Curso de Processamento Artesanal da Mandioca

De iniciativa da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Coronel Macedo-SP, Luana Caroline para trazer inovações e oferecer oportunidade de aprendizado e qualificação na produção artesanal de alimentos à comunidade, foi realizado nos dias 11 e 12, o Curso de Processamento Artesanal da Mandioca, para 20 pessoas do município.

Para isso, a administração municipal do prefeito José Roberto Santinoni Veiga “Betinho”, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, dirigida por Maria Braz e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Taquarituba-SP, por seu coordenador Hélio de Souza, realizou uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR São Paulo para a realização do referido curso.

Nesses dois dias, a instrutora do SENAR Elizangela Oliveira passou os conceitos e técnicas para manipulação da matéria prima mandioca, para as 20 participantes, que aprenderam na prática como utilizar a raiz, rica em carboidrato e algumas vitaminas do complexo B, necessárias ao sistema nervoso, metabolismo, digestão e respiração das células, além de pequenas quantidades de vitamina C, para produzir mais de 15 receitas doces e salgadas (ver fotos).

No encerramento do curso, ao meio-dia desta sexta-feira (12), devido a viagem à Brasília para a XXII Marcha em Defesa dos Municípios, a primeira-dama Luana Caroline e o prefeito José Roberto Santinoni Veiga “Betinho” não puderam participar e degustar, junto com todos, das delícias produzidas nesse curso através da mandioca.

Representando a Secretaria de Assistência Social, estiveram Josiele Rezende (coordenadora ) e Lilian Brisola (psicóloga), ambas do CRAS, e Hélio de Souza, coordenador do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Taquarituba-SP.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de