Educadores de Itapeva participam de capacitação

No final do mês passado,  450 profissionais de Educação Infantil da rede municipal de ensino de Itapeva participaram da Ação de Política Pública de Formação Continuada realizada pela Secretaria Municipal de Educação, através da Coordenadora Geral de Educação Infantil.


O objetivo foi de refletir o conceito de infância e avançar no atendimento de qualidade, considerando o desenvolvimento social por meio da educação.

O encontro aconteceu no auditório de uma faculdade local e reuniu auxiliares de desenvolvimento infantil, professores, coordenadores pedagógicos, diretores, supervisores e assistentes técnico pedagógico. 
 
Todos os diretores da rede municipal

Selma Cravo, secretária municipal da Educação de Itapeva e Andrei Alberto Müzel, coordenador geral de Educação Infantil discutiram os temas Concepção e princípio de Educação Infantil, Perfil de Educador da Infância e Ações dos Programas para o Desenvolvimento da Educação Infantil em Itapeva. Patrícia Sguário, nutricionista da rede, falou sobre o Programa Promoção da Alimentação Saudável e Atenção Nutricional nas Escolas Municipais. Ainda houve apresentações culturais da Academia de Dança da ACM e do Grupo Corpo em Rua.

De acordo com Andrei, os temas foram selecionados após análise do quadro profissional da Educação Infantil do município, diante de sua proposta de gestão. 

Para ele, essa formação permite aos profissionais reafirmar e também inovar ações da sua prática com a criança. “Todos os envolvidos em processo de formação continuada assumem como responsabilidade profissional transformar essas fundamentações em prática, que na Educação Infantil voltam-se ao brincar, aos tempos e espaços, ao currículo, a avaliação e as demais práticas dessa etapa de ensino”, declarou. 

Esse tipo de formação acontece no município três vezes por ano. A última delas acontece em forma de seminário para apresentar as ações desenvolvidas em Educação Infantil com base no seu planejamento. “É preciso destacar que a Política Pública de Formação Continuada, que contempla o avanço das práticas profissionais, é um direito dos Educadores e um investimento indispensável no campo educacional”, finalizou. (Da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Educação de Itapeva)
 
 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas