Estudantes de Riversul vão a Santana do Itararé-PR e a Botucatu-SP

Passeio_santana_do_itararePasseio_santana_do_itarare1Passeio_santana_do_itarare2Viver e Conviver de Riversul  em Botucatu

Dois grupos – O primeiro, alunos da Oswaldo Pires realizarão uma viagem de turismo a Santana do Itararé-PR onde aproveitaram também para conhecer agroindústrias de frutas e outros alimentos, e o segundo,  participantes do Judo do Projeto Viver e Conviver  viajaram para Botucatu para conhecerem o Circuíto Mata Sugizaki, além de ginásios, clubes esportivos, parques públicos e lanchonetes fast-food. 

 

EMEF Oswaldo Pires promove passeio turístico a Santana do Itararé PR

Na semana passada, estudantes do 5º ano A e B da EMEF Oswaldo Pires de Magalhães participaram de um passeio turístico à cidade de Santana do Itararé-PR, com o intuito de promover conhecimentos de maneira interativa. Coordenados pelas professoras Adelita, Rosângela, Elaine, a assistente social do CRAS Fernanda e a diretora Simone, os alunos conheceram agroindústrias e alguns pontos turísticos do município, num passeio regado de alegria e aprendizagem. Eles conheceram de perto a Pró Polpa e a Nutri Agro, onde aprenderam como são processadas as frutas e outros alimentos .

Para finalizar o passeio puderam se deliciar com um saboroso café da tarde em um restaurante localizado na zona rural.

“Agradecemos a equipe de monitores que nos recebeu com muito carinho e atenção e parabenizamos a organização e a dedicação de tornar nossa tarde agradável”, diz a diretora Simone.

Passeio_santana_do_itararePasseio_santana_do_itarare1Passeio_santana_do_itarare2

 


 

 

Judô do Viver e Conviver conhece o Circuito Mata Sugizaki de Botucatu

Viver e Conviver de Riversul  em Botucatu

Como objetivo de complementar a formação sócio-educativa e desportiva no processo de aprendizagem do Judô, o Projeto Viver e Conviver/CMDCA de Riversul realizou no dia 06 passado um passeio para a cidade de Botucatu, onde as crianças tiveram a oportunidade de assistir o 1º Circuito Mata Sugizaki de Judô que aconteceu no ginásio do SESI.

A finalidade da viagem foi a de dar oportunidade às crianças de vivenciar através da observação de um campeonato de Judô os primeiros passos para a prática do esporte, observar as regras e técnicas que são utilizadas nesta modalidade de evento associadas aos grupos que participaram competindo.

Durante o passeio as crianças tiveram também a oportunidade de conhecer novos espaços sociais, tais como ginásios, clubes esportivos, lanchonetes fast-food  e parques públicos, que colaboram muito no desenvolvimento social e global do futuro cidadão.

Segundo o professor responsável pelo Projeto de Judô, uma viagem como esta contempla a formação complementar junto ao Dojo, melhorando as vivências dos alunos durante sua formação judoísta. “Esta experiência possibilita aos alunos visualizar algumas das possibilidades de crescer e desenvolver não só as técnicas próprias do Judô, bem como, relacionar estes conhecimentos, bem como disciplina e convívio social”, ressaltou ele.

“Os projetos sociais mostram a importância de se cuidar melhor das escolas, de melhorar a saúde, indicando a cada um, caminhos para alcançar qualidade de vida desejável, pois o comprometimento e a força de vontade aliados ao desejo coletivo colaboram para a transformação da comunidade”, relata Simone Valério presidente do CMDCA.

Compartilhar

Notícias relacionadas