Itararé (SP): GCM interdita festa clandestina com mais de 20 pessoas

Organizador cobrava taxa de entrada, valor para uso de narguilé e preço promocional para combo de bebidas

Uma festa clandestina, com cerca de 30 pessoas, foi encerrada pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Itararé (SP), na noite do último sábado (01), na área central.

O flagrante aconteceu após denúncias de aglomerações, consumo de bebidas e uso de drogas. Ao chegarem no local, os GCMs identificaram algumas pessoas na área externa, onde o organizador alegou que realizava a venda de bebidas no sistema delivery.

Entretanto, em conversa com outros frequentadores, os mesmos informaram que havia a cobrança de uma taxa de entrada, cobrança para uso de narguilé e promoção de bebidas alcóolicas, além do uso da mesa de bilhar.

Diante da situação, o responsável, ao ser indagado sobre o alvará para o funcionamento, informou que não possuía. Solicitou-se, então, que o público presente deixasse o local. No total, 20 pessoas participavam da festa na área interna e nove aguardavam na via pública a autorização para a entrada.

A GCM lavrou o Boletim de Ocorrência de infração ao Artigo 268 do Código Penal, encaminhado à delegacia para as devidas providências.

WhatsApp da GCM – Denúncias de aglomerações e outras irregularidades podem ser feitas por mensagens pelo WhatsApp da GCM (15) 3531-2120 ou pelos telefones 153 e 199. O atendimento é 24 horas, todos os dias.

Compartilhar

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments