Laboratório no Japão: remédio para câncer, só em agosto

Já em falta no mercado brasileiro,  o medicamento Acetato de Leuprorrelina que  é produzido no Japão teve sua produção suspensa, com previsão de volta à normalidade somente no mês de agosto. Esse medicamento é usado  principalmente no tratamento de câncer de próstata. 

Em inspeção, foi constatado a necessidade de ajuste técnico na fábrica japonesa. A Secretaria de Saúde realiza pregão eletrônico para aquisição de medicamento Análogo LH-RH 3,75mg.


Por isso, o laboratório ABBOT DO BRASIL, responsável pela distribuição informou à Secretaria da Saúde  do Estado de São Paulo que não terá condições de atender a demanda.  

O Departamento Regional de Saúde (DRS 6)  Bauru, distribuiu a seguinte informação:

“A empresa ABBOTT DO BRASIL informou que não será possível atender a demanda  da Secretaria de Estado da Saúde (SP), referente ao medicamento Acetato de Leuprolide nas apresentações de 3,75mg, 7,5mg e 11,25mg, dado a função de ajustes técnicos observados durante inspeção de rotina na fábrica, localizada no Japão, tendo como previsão de regularização no mercado em agosto de 2011.

Face ao exposto, e sendo a apresentação do medicamento Acetato de Leuprorrelina 11,25mg exclusiva pela ABBOTT, solicitamos aos farmacêuticos informar os pacientes sobre o atraso do medicamento, com cautela, orientando para que cada qual verifique com seu médico a melhor opção terapêutica a ser utilizada neste período de falta do Acetato de Leuprolide 11,25mg, para que não haja maiores transtornos e desespero.

Enfatizamos que se encontra em andamento um Pregão Eletrônico para a aquisição do medicamento Análogo LH-RH 3,75mg pela CCTIES e estimamos que o abastecimento das Unidades comece a se regularizar a partir da segunda quinzena do mês de Maio, referente ao Análogo LH-RH 3,75 mg”. Do Departamento Regional de Saúde (DRS 6)
 
Compartilhar

Notícias relacionadas