ONU escolhe brasileiro para Diretor-Geral da FAO

Países membros da ONU escolheram hoje em Roma(Itália), o brasileiro José Graziano da Silva,  agrônomo, 62 anos, como Diretor-Geral da FAO. Nascido em Illinois(EUA) ele tem nacionalidade brasileira. Formado em 1972 pela ESALQ/USP, ele foi ministro Extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à Fome, no primeiro mandato do ex-presidente Lula. A presidenta Dilma comemorou a escolha e emitiu a seguinte nota: 


Brasília, 26 de junho de 2011

Com enorme satisfação recebo a decisão dos países membros da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) de escolher o candidato brasileiro, José Graziano da Silva, para o posto de Diretor-Geral da entidade, nas eleições que tiveram lugar em Roma no dia de hoje. 
 
Sua reconhecida contribuição na formulação da bem-sucedida estratégia governamental de assegurar o direito dos povos à alimentação, aliada às sólidas credenciais acadêmicas e o profundo conhecimento da FAO, acumulado à frente do escritório regional da entidade em Santiago, conferem a José Graziano qualificações essenciais para o cargo que ocupará nos próximos quatro anos. 
 
A vitória do candidato brasileiro reflete, igualmente, o reconhecimento pela comunidade internacional das transformações socioeconômicas em curso em nosso País – que contribuem de forma decisiva para a democratização de oportunidades para milhões de brasileiras e brasileiros -, bem como o compromisso do Brasil de inserir o combate à fome e à pobreza no centro da agenda internacional. Um objetivo possível de ser alcançado com o fortalecimento do multilateralismo e com o aprofundamento da solidariedade e da cooperação entre as nações e os povos.
 
Ao cumprimentar meu amigo José Graziano pela eleição, desejo-lhe muito êxito em sua nova missão, para a qual poderá contar com o apoio firme do Governo brasileiro.
 
Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil
 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas