Saúde da Família: Botucatu investirá R$ 4,5 milhões na construção e reforma de unidades

Desde o último dia 18 estão abertos os processos licitatórios para a construção e reformas completas de quatro Unidades de Saúde da Família em Botucatu. O investimento da Prefeitura ultrapassará a casa dos R$ 4,5 milhões.

A Fundação UNI, organização social responsável desde outubro de 2009 pela gestão das unidades de Saúde da Família em Botucatu, é quem administra tais licitações.

No distrito de Vitoriana, que ganhará uma nova unidade de 684,05 metros quadrados, é estimado um investimento de R$ 1.218.396,65. No bairro Santa Elisa um prédio de 867 metros quadrados será erguido ao valor estimado de R$ 1.418.535,33. Outra USF de 867 metros quadrados, que será construída no Comerciários ao custo de R$ 1,414.990,83, também está na lista de investimentos do Poder Público. Por fim, a unidade de saúde do bairro de César Neto, com 324 metros quadrados, será reformada e ampliada ao valor de R$ 472.135,17.

Os editais das quatro Unidades de Saúde da Família serviços executados em um prazo de 240 dias a partir da assinatura de contrato com as empresas vencedoras das concorrências. As aberturas dos envelopes com as propostas estão agendadas para os dias 6 e 8 de junho.

Para o vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, Antonio Luiz Caldas Júnior, estes investimentos fortalecerão ainda mais a já qualificada rede de serviços públicos municipais da saúde.

“Fizemos algumas importantes reformas durante o último ano como a que reestruturou e ampliou a Unidade de Saúde do Parque Marajoara e outras unidades que mereceram pintura, reforço nos telhados e estruturas, dentre outras providências. Temos o dever de oferecer aos usuários e profissionais da saúde destes e outros bairros a possibilidade de serem atendidos com mais dignidade e qualidade. Vamos construir quatro novas de saúde beneficiando famílias que necessitavam há tempos de serviços de saúde mais próximos de suas residências ou cujas unidades funcionavam em prédios precários, como são os casos de Vitoriana e Jardim Santa Elisa”, afirma.

Para Caldas, as unidades básicas de saúde tem um papel destacado na política municipal de saúde e em todo o SUS [Sistema Único de Saúde], pois atuam principalmente como centro estruturador da assistência, desde a promoção de saúde e prevenção de doenças, até as atividades curativas, de acompanhamento e reabilitação. “O Plano Diretor de saúde contempla a ampliação da rede básica de atenção à saúde, com a instalação de 11 novas unidades, sendo estas as quatro primeiras”, informa.

Mais informações sobre os editais de construção, reforma e ampliação das novas Unidades de Saúde da Família em Botucatu podem ser obtidas no site www.fundacaouni.org.br
 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas