Saúde: governador Goldman inaugura AME de Tupã

Foi inaugurado, dia 11 de junho, mais um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) administrado pela Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), com interveniência da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp). Dessa vez, foi a população de Tupã e região a contemplada com a unidade, que já funciona desde 24 de maio.
(Da Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp/Faculdade de Medicina/ Botucatu) – Quando estiver operando em plena capacidade, a unidade poderá realizar anualmente 128 mil consultas médicas, 36.000 consultas não-médicas e 380 mil exames de apoio diagnóstico, além de 48 mil sessões de fisioterapia. O AME será referência para uma população de 296,7 mil habitantes distribuída em 21 municípios da região.

"Cada unidade atende não só a cidade, mas também a toda uma região. São feitos diagnósticos, exames, consultas. São feitas, às vezes, pequenas cirurgias também, dependendo de cada AME. Esse aqui de hoje é o 28ª do Estado", afirmou o governador Alberto Goldman.

Para colocar o novo AME em funcionamento foram investidos R$ 5,5 milhões na obra da área física e compra de equipamentos. O ambulatório foi instalado em um prédio de 2.528 m² e conta com 21 consultórios médicos e quatro consultórios não-médicos, além de salas de para curativos, medicação, enfermagem, repouso/observação e farmácia.

A cerimônia teve a presença do governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman e do secretário de Estado da Saúde, Dr. Luiz Roberto Barradas Barata. A direção executiva da nova unidade está sob responsabilidade do ex-superintendente do Hospital das Clínicas, vinculado à FMB e professor do Departamento de Pediatria da faculdade, Dr. Antonio Rugolo Júnior, que também coordena os AMEs de Bauru e Itapetininga já em funcionamento.

Os AMEs são unidades de alta resolutividade que possuem modernos equipamentos, como eletrocardiograma, teste ergométrico, raio X, ultrassom, mamografia, densitometria óssea e eletroneuromiografia, entre outros. A proposta do AME é melhorar a assistência aos usuários e desafogar o atendimento de hospitais e outras unidades de saúde da região.

 

Compartilhar

Notícias relacionadas