Pandemia do coronavírus compromete a educação nas escolas indígenas em São Paulo

A dificuldade de acesso ao ensino escolar à distância é mais um desafio trazido pela crise sanitária para os povos indígenas. E o anunciado retorno às aulas preocupa. A pandemia de covid-19 mudou drasticamente a vida nas aldeias indígenas em São Paulo. O isolamento social altera o cotidiano das famílias, impacta a renda e também compromete a educação nas escolas fechadas em função da crise sanitária, afetando os 1.946 estudantes indígenas em nosso estado. De acordo com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP), são 52 Escolas…

Compartilhar