Tapa-buracos Avaré: funcionários vão à Câmara explicar gasto de R$ 2,5 milhões

O questionamento de alguns vereadores sobre o gasto de R$ 2,5 milhões provenientes do Governo Federal para realização de Operação Tapa Buracos em Avaré, …

 
levou o secretário da Comunicação e Governo, Marcelo Ortega, o ex-secretário de Transportes João Lima, o atual secretário da Pasta, Germinal Pegoli, o coordenador de Defesa Civil de Avaré Antônio Justino Martins da Costa e a chefe do setor de licitação Érica Marin Henrique, à Câmara Municipal para explanar como e onde o dinheiro foi aplicado.

O fato que motivou os vereadores a questionarem o gasto com a verba federal foi a visita do engenheiro Alexandre Rodrigues, do Ministério da Integração Nacional, que veio para Avaré justamente para conferir se os recursos foram aplicados corretamente.

Mostrando total transparência, a pedido do prefeito Rogélio Barcheti, os funcionários compareceram na sessão da Câmara da última segunda-feira, 6 de junho, explicando cada detalhe da elaboração do projeto para execução da Operação Tapa Buracos, onde a verba foi aplicada, como se deu o processo licitatório para contratação da empresa que executou a obra, enfim, todos os detalhes que levaram a aplicação correta dos recursos.

Foram construídas galerias para contenção das águas das chuvas, como no Bairro Jardim Califórnia; construção de canaletas, caixas de galerias, recapeamento de parte da estrada, alargamento e compactação na Estrada Rural Escaramuça; recapeamento, limpeza e construção de canaletas na Estrada da Ponte Alta; além da Operação Tapa Buracos em diversas ruas da cidade. (Da Secretaria de Comunicação)
 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas