Trabalhos de voluntários fazem a diferença em escola pública de Riversul

“Teca”, Noélio e Moisés são as estrelas da diferença – Com o objetivo de fortalecer para oferecer uma educação de qualidade para todos, a EMEF Profª Dirce Mendes Coluço abriu as portas para a presença de voluntários, parcerias feitas com famílias e pessoas interessadas em somar para crescer em todos os âmbitos da vida, mas, principalmente focando a educação.

A  diretora Valéria A. Vieira da Silva observou a necessidade de bibliotecários e monitores de informática, e foi até a residência desses profissionais e fez o convite para a troca de experiências  como voluntários dentro da unidade escolar.  Com isso, a escola ganhou os voluntários Noélio Santana Andrade, residente no Bairro Santo Antônio, que marca presença de duas a três vezes por semana no período da manhã das 08h às 12h, e Angélica de Cássia Faustino, a “Teca”, que está todos os dias no período vespertino das 13h às 17h  na biblioteca da escola, orientando e incentivando os alunos para a leitura. E como monitor de informática, Moisés Martinho Fogaça Lara que vem auxiliando muito os alunos e professores com atividades inovadoras na sala de informática, no período vespertino das 13h as 17h, de segunda a sexta-feira.

Os três voluntários exercem, além disso, atividades como atendimento aos alunos, professores e outras necessidades da escola. Com muito carinho e gratidão a diretora Valéria Apª Vieira da Silva parabeniza os três voluntários que estão ajudando a fazer a diferença todos os dias na Escola Dirce, e deixa em aberto para quem desejar ser voluntario no período da manhã, como monitor de informática. Basta procurá-la durante a semana. (Com a escola).

Compartilhar

Notícias relacionadas