Botucatu: 407 contemplados do “Minha Casa, Minha vida” já sabem em qual casa vão morar

As chaves serão entregues no próximo dia 21(feriado de Tiradentes) – Rua oito, quadra G, lote três, número 111. Este é o mais novo endereço de dona Rosa Motolo Desasso. Aos 76 anos é a primeira vez que terá a oportunidade de não mais pagar aluguel para morar. “Pelo menos temos agora nosso cantinho, sem depender do favor dos outros”, testemunha a aposentada.

Ela foi a primeira das 407 famílias, já contempladas no sorteio em praça pública ocorrido no dia 15 de novembro de 2010, que participaram na noite desta segunda-feira (4), no Ginásio Municipal “Dr. Mário Covas Júnior”, do sorteio da localização de seus respectivos imóveis do Residencial Santa Maria 1, setor Sul de Botucatu.

As moradias construídas pelo programa do Governo Federal “Minha Casa Minha Vida”, que integra o programa municipal de habitação “Nosso Sonho”, serão financiadas através da Caixa Econômica Federal e beneficiam famílias de até três salários mínimos.

O valor da parcela será de 10% da renda, respeitado o valor mínimo de R$ 50. O prazo de pagamento é de até dez anos e o beneficiado contará com subsídios quase integrais e isenção de seguro. Ainda assim, as prestações só começam a ser pagas após a entrega do imóvel. Ou seja, a pessoa não precisará pagar aluguel e o financiamento ao mesmo tempo.

Todas as residências do Parque Residencial Santa Maria 1 possuem aquecimento a gás. Elas têm pouco mais de 35 m² divididos em: dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Todas as ruas da área das casas já se encontram asfaltadas, com todo sistema de água e esgoto em funcionamento.

Entrega das chaves

Agora, os contemplados aguardarão os próximos dias a convocação da Caixa Econômica Federal para a assinatura de contrato das casas. As chaves serão entregues oficialmente no próximo dia 21 [feriado de Tiradentes], às 9 horas, em evento a ser realizado no próprio Residencial Santa Maria 1.

Segundo Geraldo Luiz Machado de Oliveira, superintendente regional da Caixa Econômica Federal, tudo está pronto para a ocupação dos imóveis em Botucatu, que deverá ser a primeira cidade da região a entrega-los aos beneficiários do programa habitacional. “É uma honra e orgulho participar desse momento construído em parceria com a Prefeitura e ver a alegria dos contemplados sortearem exatamente onde vão morar. Botucatu foi o primeiro município a assinar o convênio de adesão ao ‘Minha Casa, Minha Vida’ e será o primeiro a fazer a entrega das casas”, salienta.

Somadas as 407 casas do Santa Maria 1, com mais as 1.028 unidades dos residenciais Maria Luíza e Flora Rica I, já anunciadas em janeiro deste ano, e outras 261 moradias financiadas diretamente nas agências da Caixa, já foram investidos mais de R$ 107 milhões em financiamentos habitacionais em Botucatu, segundo a Superintendência Regional da Caixa.“Em nossa região esse valor sobe para mais de R$ 1 bilhão de investimentos”, completa Oliveira.

Antes do sorteio, o prefeito João Cury Neto fez um discurso rápido no qual agradeceu a Caixa, a construtora Hauss, que executou a obra, e a equipe da Secretaria Municipal de Habitação pelo empenho durante todo o processo administrativo que acompanhou o sorteio e entrega das 407 casas.

“Todos esses parceiros se colocaram no lugar dos sorteados, que não se aguentavam de esperar pelas casas. O importante é que a população não dê ouvidos a boatos. Os imóveis estão em perfeito estado e prontos para mudança. É um compromisso assumido e que será cumprido no dia 21 deste mês. É importante também deixar claro que o Poder Público não esqueceu das famílias que ainda não foram beneficiadas com sua casa própria. Estamos lutando diariamente para que o sonho da moradia digna se torne realidade em Botucatu”, destaca.

Prova que o sonho da casa própria já virou realidade pôde ser vista nas expressões de felicidade no momento em que cada família contemplada sorteava o local exato de sua futura moradia. Esperança Marfil Severino, de 70 anos, fez jus ao nome e acompanhada do filho confirmou o endereço de sua nova casa. “Realmente nunca perdi a esperança. Sempre acreditei que um dia iria ganhar. Agora estou aqui, sorteando minha própria casa”, disse. (Da Secretaria Municipal de Comunicação)

Compartilhar

Notícias relacionadas