Botucatu inaugura Universidade do Trabalhador, com foco na qualificação da mão de obra

Inauguração UNIT - Polo I (1)A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Educação, inaugurou nesta quarta e quinta-feira [21 e 22] dois pólos da Universidade do Trabalhador (Unit). A primeira unidade fica no Centro, nas antigas dependências da Pensão Silva, onde serão oferecidos, em parceria com o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sinhores) e Subsecretaria de Turismo, cursos de

hotelaria com capacitação para camareira, barmen, garçom, garçonete e recepcionista.

Inauguração UNIT - Polo I (4)No piso superior do imóvel foram recriados espaços de um hotel como quartos, cozinha e mesas de restaurante, onde os alunos irão aprender na prática, a partir de fevereiro, as atividades do ramo. Já no primeiro andar, salas foram montadas com computadores e máquinas de costura onde serão ministradas futuramente aulas de informática (área de auto-cad) e corte e costura. Este polo recebeu o nome de “Jorge Pinheiro Machado”, professor que em 1948 foi diretor da Etec “Dr. Domingos Minicucci Filho”.

A segunda Unit, localizada na Vila São Benedito, oferecerá cursos de torno, freza, solda, chapeamento e construção civil. Neste primeiro momento entram como parceiros o Senai [Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial], Escola Técnica “Dr. Domingos Minicucci Filho” e Induscar Caio. No polo 2 da Unit, o primeiro curso, de “Construção de carroceria de ônibus”, terá início no dia 7 de janeiro de 2012, com 32 vagas e 90 horas de aulas.

Todos pelo Emprego

A intenção do Poder Público é multiplicar o processo de qualificação profissional no Município para que um maior número de pessoas possa ingressar ou ser reinserida no mercado de trabalho. Assim, a Unit se torna mais uma ação da Prefeitura de Botucatu que compreende o programa “Todos pelo Emprego”, lançado em maio deste ano e que articula a criação de novos postos de trabalho e capacitação da mão de obra local. Até o momento, a atual Administração Municipal já investiu mais de R$ 500 mil em cursos de qualificação e geração de renda, beneficiando mais de 2 mil pessoas.

Ambos os polos da Unit foram viabilizados não apenas com a reforma de seus respectivos prédios, custeados pela Prefeitura, mas principalmente com o apoio de órgãos públicos, privados e organizações não governamentais que fizeram doações das máquinas a serem utilizadas nos cursos.

É o caso da Induscar Caio, encarroçadora de ônibus local, e que enxerga na Unit uma excelente oportunidade de qualificar pessoas na área industrial. Com fabricação diária de 34 veículos, a empresa desde 2010, em parceria com o Senai e a Prefeitura, tem oferecido oportunidades em seu quadro de funcionários a jovens que fazem o Tiro de Guerra 02-048 de Botucatu.

“Não só o Brasil, como o mundo, vive um apagão da mão de obra pois existem vagas mas não conseguimos preencher todas elas pela falta de qualificação. Eu que trabalho com recrutamento e seleção de pessoal fico feliz de ver um projeto como este ganhar forma porque é isso que vai fazer a diferença. O exemplo da Unit de Botucatu vai em pouco tempo se espalhar por todo o Estado de São Paulo e aqueles que vierem aqui, com vontade de estudar, podem ter certeza que terão oportunidade não só na Caio, como também em toda a indústria”, afirma Silvio dos Santos, gerente de Recursos Humanos da Induscar Caio.

Para José Maria Milani, diretor do Senai, que fará a contratação dos docentes para os cursos na Uni 2, Botucatu vive uma revolução na parte de qualificação profissional. “A gente fica feliz quando vê a união da Prefeitura, iniciativa privada e Sistema ‘S’ até porque a nossa escola não tem condições de atender toda população sozinha. Sabemos que para a pessoa ter oportunidade no mercado ela tem que passar necessariamente por uma qualificação”, comenta.

Em seu discurso, na inauguração do polo 1 da Unit, Samir Abdala, presidente do Sinhores, lembrou que há tempos o setor hoteleiro e alimentício de Botucatu aguardava uma ação concreta que estimulasse os empresários e aqueles que trabalham na área. “Quando apresentamos esse projeto de qualificação à nossa Confederação eles ficaram maravilhados e hoje podemos dizer que este modelo implantado em Botucatu, através de convênio com a Prefeitura, é pioneiro no Estado e no País”, afirma.

Inauguração UNIT - Polo I (2)Narcizo Minetto Júnior, secretário municipal de Educação, lembra que todos os anos, cerca de 1,5 milhão de jovens atingem a idade para a inserção no mundo do trabalho no Brasil, mas que a maioria, por falta de experiência, fica longe da primeira oportunidade de emprego. “O prefeito por várias vezes já afirmou que é sua obsessão fornecer qualificação às pessoas, e a Unit nasce com este propósito e não para concorrer com outras unidades educacionais, mas sim ser um braço do Senai, Senac e Centro Paula Souza em Botucatu. E caso as pessoas que passarem pela Unit não consigam um emprego, pelo menos terão a capacidade de trabalharem como autônomas”, diz o secretário, que sinalizou interesse em trazer no próximo ano,  ao Município, recursos do Governo Federal através do Planseq (Plano Setorial de Qualificação) para serem investidos em mais cursos. “Vontade e projeto nós temos”, completa.

Inauguração UNIT - Polo I (3)O prefeito João Cury Neto destaca que a Universidade do Trabalhador é mais uma política social que estimula o emprego. “Somos a favor do Bolsa Família até porque quem tem fome tem pressa, mas não podemos comemorar quando há uma ampliação de pessoas vivendo apenas de assistência. Temos que comemorar sim quando reduzirmos o número de famílias que depende do Estado e vive na linha da pobreza. O emprego é o que emancipa o ser humano”, diz. “Se essa ação atingir o mais pobre de todos os pobres, aqueles que não podem pagar um curso e esperam uma oportunidade, o Poder Público terá cumprido seu papel”, complementa.

O Chefe do Executivo Municipal reforçou a importância das parcerias e ainda salientou que, além da Unit, a Prefeitura busca novas alternativas para a educação de Ensino Médio, Superior e Profissionalizante do Município. “Já fizemos a cessão da área para a construção da escola da Embraer. Também estamos buscando uma nova Etec e uma Faculdade de Engenharia”, informa.

A Secretaria Municipal de Educação aponta que ainda é cedo para dimensionar quantidade de pessoas que poderão ser beneficiadas com cursos gratuitos da Unit. Alunos que frequentam a EJA – Educação de Jovens e Adultos e a Guarda Mirim de Botucatu terão prioridade nas vagas, que também serão abertas ao público em geral, sem qualquer cobrança de taxa ou material didático. Para demonstrar interesse em algum dos cursos que serão oferecidos pela Unit, a pessoa deve se dirigir até o polo do Centro e deixar seu nome.

Serviço
Unit – polo 1
Rua Moraes Barros, 357 – Centro
Unit – polo 2
Rua Francisco Lyra Brandão, 1.321 – Vila São Benedito

Compartilhar

Notícias relacionadas