Câmara aprova Comenda para o Ten Cel Divaldo

O Plenário da Câmara aprovou projeto de Decreto Legislativo que concede a Comenda Antonio Furquim Pedroso da Ordem e do Mérito de Itapeva, ao Ten  Cel PM Divaldo Aires de Camargo. A proposta foi aprovada por unanimidade pelos vereadores.

O Ten Cel PM Divaldo como Coordenador Regional de Defesa Civil – I-15 mostra-se leal à milícia bandeirante, sempre compromissado com a preservação da vida e dignidade da pessoa humana, vez que não mede esforços em colaborar. Seu empenho resulta no fortalecimento das boas relações com os municípios participantes contribuindo para a criação e manutenção de uma estrutura para o atendimento em situações emergenciais, bem como o bem estar da comunidade.

A Polícia Militar é uma instituição que tem a missão intrínseca de defender o cidadão na sua totalidade, dando condições de plenitude da sua vida, nos seus direitos fundamentais constitucionais, por isso é que se faz dinâmica e nesse aspecto atuade forma presente e visível.

No dia 24 de maio do ano passado, o Policial Militar Divaldo Aires de Camargo após os 30 anos de serviço prestado a comunidade Paulista, galgou por merecimento o posto de Tenente Coronel, posto de oficial superior, atingindo assim o ápice da pirâmide da hierarquia da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

O Tenente Coronel Divaldo atualmente comanda o Quinqüagésimo Quarto Batalhão da Polícia Militar com sede em Itapeva, composto por  18  municípios, Itararé, Riversul, Ribeirão Branco, Itaberá, Buri, Taquarivaí, Nova Campina, Bom Sucesso de Itararé, Capão Bonito, Apiaí, Iporanga, Ribeira, Guapiara, Itaóca, Barra do Chapéu, Itapirapuã Paulista e Ribeirão Grande. 

ELOGIOS RECEBIDOS

Por ocasião da criação e inauguração do 54º BPM/I, o Major PM Divaldo, subcomandante da Unidade operacional, não mediu esforços na coordenação do efetivo que trabalhou na reforma do prédio que abriga a sede da unidade e nos preparativos para a solenidade de inauguração.

Oficial extremamente dedicado, de um profissionalismo ímpar, soube de maneira discreta manter o grupo sempre motivado nas missões para as quais foram designados, mesmo sacrificando suas horas de folga, sempre à frente na resolução dos problemas surgidos. Graças ao seu empenho foi possível realizar a solenidade de inauguração da unidade no dia 26 de agosto de 2006, sendo a mesma, alvo de elogio por partes de autoridades e população presente.

No projeto Social Santa Maria seu objetivo principal era incluir aquela comunidade no contexto social, pois embora o índice criminal local não se destacasse na estatística geral do município, muitos jovens estavam envolvidos em crimes como furtos e no tráfico de entorpecente; a ação se baseou em duas frentes: uma combater os delitos, especialmente tráfico de drogas e com isso planejando mais eficiência o policiamento preventivo-repressivo (rondas, pontos de estacionamentos e operações específicas) e outra inserir atividades aproveitando e desenvolvendo a capacidade dos jovens que poderiam ser cooptados pelas atividades criminosas; a segunda ação que era interagir com a juventude e comunidade em geral se baseou em planejar e executar atividades nas áreas: Social – ação Cívico-social, visitas dos grupos de jovens a locais educativos e reuniões com a comunidade a fim de comemorar eventos; Educacional – aulas complementares em tempos vagos ministrados por PM e convidado, com assu
 ntos de defesa civil, preservação ambiental, educação no trânsito, resistência ao uso de drogas, saúde, higiene e educação moral e cívica, e por último, eventos cívicos comemorativos; Profissionais – cursos de computação, artesanato, dança e música, padaria comunitária, viveiro de mudas e Esportivo – modalidades esportivas com a finalidade de ocupar o tempo e recursos, além de equipe de voluntários.

Em 2008 a PMESP em parceria com a Secretaria de Esporte e Turismo do Estado de São Paulo promoveu o projeto "Faça Esporte na PM", em que o Programa foi aprovado e incluído, se constituindo no Núcleo 09 composto por sete grupos: Atletismo com 40 alunos, Futebol de Salão com 2 grupos de 35 alunos cada, Futebol de Campo com 2 grupos de 35 grupos cada e Voleibol com 2 grupos de 35 alunos cada, totalizando 250 alunos. Cada grupo fazia obrigatoriamente duas aulas por semana com duração de duas horas-aulas e utilizavam as quadras e campos das escolas e da própria vila.

O Tem  Cel Divaldo Aires Camargo nasceu  11/11/1961, na cidade de Itapeva/SP
Fez os seguintes cursos:
 Curso de Formação de Oficiais
Curso de Formação de Oficiais Preparatório
Curso de Instrutor de Educação Física na Escola de Educação Física da Polícia Militar do Estado de São Paulo
Técnico Desportivo em Judô
Jornada Técnico-Pedagógica de Educação Física – Exercícios em Condições Especiais
Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais.

EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS
Regimental de Educação Física no 18º BPM/M – 1988-1989
Instrutor de Educação Física no Curso de Formação de Soldados no 22º BPM/I – 1992.
Regimental de Educação Física no 22º BPM/I – 1990 – 1995
Serviu também no 3º BPM/M, no CAES e no 53º BPM/I

PROMOÇÕES
Aspirante em 15/12/1984;
2º Ten PM em 25/08/1985;
1º Ten PM em 24/05/1989;
Capitão PM em 12/12/1995;
Major PM em 25/05/2006
Ten Cel PM em 24/05/2010

MEDALHAS E LÁUREAS
Medalha Valor Militar em Grau Bronze
Medalha Valor Militar em Grau Prata
Colar Evocativo do Sesquicentenário da Revolução Liberal de 1842
Láurea do Mérito Pessoal em 2º grau
Medalha do Mérito Comunitário
(Assessoria de Imprensa da CMI).

 

Compartilhar

Notícias relacionadas