Há pouco, um forte temporal atingiu Riversul e causou alagamentos; aulas de uma creche foram suspensas

Teria sido bem pior se o prefeito Guilherme Gomes não tivesse, no início do seu mandato em 2017, realizado obras contra enchentes no Córrego do Mesquita, que corta a cidade.

Há pouco, por volta das 13h10 um forte temporal que durou menos de meia hora despejando volume alto – 41 mm – atingiu a cidade e chegou a fazer o Córrego do Mesquita transbordar um pouco, mas sem aqueles grandes estragos que ocorriam antes de 2017, com grande alagamentos que atingiam residências à margem e desalojavam várias famílias.

No momento, equipes da Prefeitura trabalham na limpeza e remoção de entulhos trazidos pelas enxurradas.

O ponto mais atingido por lama e lodo foi o cruzamento das ruas Valdomiro Silva com a Gumercindo Rocha. Um morador do local está com seu trator equipado de escavadeira fazendo a remoção do lodo.

O volume de água foi muito grande que a cobertura da creche nova não resistiu em alguns pontos e a água formou uma lâmina em quase todos os setores, salas de aula, dispensa, cozinha e diretoria. As aulas da parte da tarde foram suspensas.

O volume de chuva de 41 mm, em menos de meia hora foi apurado na medição da Casa da Agricultura local.

Compartilhar

Notícias relacionadas