Hospital das Clínicas investe em atualização de equipamentos para endoscopia

Com investimento de R$ 1,5 milhão o Hospital das Clínicas, vinculado à Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (HC/FMB/Unesp) modernizou o parque tecnológico de sua Seção Técnica de Endoscopia. Foram adquiridos quatro conjuntos de equipamentos para endoscopia, além de aparelhos voltados às diversas especialidades médicas do setor, voltados ao diagnóstico e tratamento de doenças gastrointestinais, respiratórios, urológicas entre outras.

Os equipamentos, adquiridos em outubro de 2009, consistem nos modelos Olympus Exera CLV 180, com maior capacidade de resolução. Através destes aparelhos, os exames terão melhor definição, sendo possível obter um aumento significativo da imagem em relação ao tamanho normal. “Há um ganho, tanto para o profissional quanto ao paciente, já que as imagens em alta resolução se tornam ferramentas importantes para o diagnóstico e tratamento endoscópico de lesões”, ressalta o professor e responsável médico da Seção, professor Pedro Padula Neto.

Instalados no início de fevereiro, os aparelhos estão disponíveis para os usuários do serviço. Em 2009, o setor de endoscopia realizou mais de 5.800 exames. “A última atualização de equipamentos na Seção Técnica de Endoscopia do HC ocorreu em 1995, quando o serviço passou a ser uma especialidade no hospital. Ao longo destes anos algumas aquisições foram feitas, mas nada se compara a este avanço tecnológico”, declarou Gisele de Oliveira Orsi, supervisora técnica do local.

Treinamento

Para a melhor utilização dos equipamentos, residentes e professores da FMB dos Departamentos de Clínica Médica (gastroclínica) e Cirurgia e Ortopedia (gastrocirurgia e cirurgia pediátrica) e profissionais da seção tem se capacitado para o manuseio. O treinamento, de duas semanas, consistiu em aulas teóricas e práticas que abrangeram noções de conservação, manuseio, custo, visão da estrutura e anatomia do aparelho digestivo. “A capacitação é um trabalho conjunto das equipes médicas e de enfermagem da seção. Inserimos um manequim totalmente adaptado para as situações de endoscopia para que os participantes do treinamento prático obtenham o máximo de conhecimento nos recursos tecnológicos para garantir um melhor atendimento a população que recorre a este serviço”, explica a supervisora da seção. Da Assessoria de Imprensa do HC/FMB/Unesp Botucatu

 

Compartilhar

Notícias relacionadas