Liberação de poda e abate de àrvores: veradores de Botucatu querem reunião para discutir demora

O Plenário da Câmara Municipal de Botucatu aprovou, na última Sessão Ordinária, requerimento (nº 091/2011) que solicita ao Executivo a possibilidade de realização de uma Reunião Pública para discutir a demora da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em relação ao serviço de poda de árvores que oferecem risco.

De acordo com os autores da matéria, vereadores Carlos Trigo (PT) e Professor Nenê (PSB), nos últimos tempos os munícipes têm encontrado dificuldades para a realização de poda e retirada de árvores comprometidas, com raízes expostas e causando danos aos passeios públicos, bem como prejuízos para a rede elétrica e riscos de quedas.

Segundo os parlamentares, essa dificuldade está ligada ao excesso de burocracia. “É preciso dar celeridade ao serviço, uma vez que as árvores podem causar danos materiais e à integridade física dos munícipes”, destacam.
O Executivo tem 15 dias para responder ao requerimento apresentado pelos vereadores Carlos Trigo (PT) e Professor Nenê (PSB) na última Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Botucatu. 
Assessoria de Imprensa/Câmara Municipal de Botucatu

 

Compartilhar

Notícias relacionadas