Riversul recebe visita do senador Suplicy

Suplicy_Riversul3Prefeito Zicão e o senador Eduardo Suplicy1Mesmo tendo participado na sexta-feira do lançamento de campanha do candidato Fernando Haddad(PT) na capital, de baixo de chuva neste sábado, 7, o senador Eduardo Suplicy(PT) viajou quase 300 quilômetros até o sudoeste paulista onde

Ingrid_gerente da agência bancária falou sobre suas constatações e pespectivas para o município visitou os municípios de Itapeva, Bom Sucesso do Itararé, Itararé e Riversul, onde, também de baixo de chuva chegou por volta das 18h e foi recebido pelo prefeito José Aparecido Gomes, vereadores e simpatizantes na Câmara Municipal, onde permaneceu pois quase duas horas, ouvindo as autoridades locais, vereadores, prefeito, e a gerente da única agência bancária local. 

zicãoO prefeito José Aparecido Gomes “Zicão”(PT) agradeceu a presença do senador, de seus familiares, vereadores e dos riversulenses que mesmo de baixo de chuva compareceram. “É um dia de festa. Há 40 anos acompanho a política e não me lembro de Riversul ter recebido um senador. A situação do nosso município é difícil, estamos fazendo um governo de transição, e não temos renda, pois vivemos só dos repasses dos governos federal e estadual. Ou seja, não temos desenvolvimento e para conseguirmos vamos precisar da união de todos e de todos os partidos. Somos 3 candidatos a prefeito nas eleições de outubro e quem ganhar deverá chamar a oposição para sentar e unir entorno de um trabalho que promova o desenvolvimento da nossa cidade”, disse ele que está há apenas 4 meses no comando do município, em sucessão ao prefeito anterior que foi cassado. “Nesse pouco tempo constatei que Riversul tem jeito e pode ser mudada. Só não mudará quem(eleito) que não quiser”, finalizou. 

Senador Eduardo SuplicyApós esses, o senador iniciou sua fala mostrando números e dados estatísticos específicos do município de Riversul, que é um forte produtor agrícola, porém possui uma grande quantidade de pessoas com renda muito baixa.

E, baseado na condição do Brasil ser o maior na desigualdade, com poucas pessoas ganhando muito e milhões de pobres que não ganham o mínimo para sobrevir, ele  proferiu uma palestra sobre o tema distribuição de renda, discorrendo sobre o seu projeto RBC – Renda Básica Cidadã – (Veja esta cartilha produzida por Ziraldo, que é amigo do senador) cujo a lei foi sancionada em 2009 e prevê uma distribuição de renda a todos os brasileiros(ricos e pobres). Trata-se de uma experiência pioneira que deu certo em uma vila de pescadores duma cidade do Estado do Alasca, o maior em território nos EUA que tem 50 estados. A fonte de recursos para esta distribuição virá de um fundo, constituído de arrecadação  de parte da  produção da indústria, comércio, produção agrícola, royalty de produção natural, serviços e impostos.

Segundo ele, isso é feito devagar, por etapas, e não acaba com o Bolsa Família, mas passa a ser melhor que este, na medida que dá mais liberdade e autonomia a todos os brasileiros. O que fará com que os beneficiados, por conta própria abandonem o Bolsa Família. “É uma forma de tornar o Brasil num país rico e igual para todos”, explicou o senador.

Baseado nisso, o município paulista de  Santo Antonio do Pinhal(6.550 habitantes), região de São José dos Campos, na Serra da Mantiqueira, portanto quase do mesmo tamanho de Riversul(6.076 habitantes), em 2009 enviou Projeto de Lei à Câmara Municipal que aprovou e em breve colocará em prática.  Esse município vive da produção agrícola de pequenas propriedades e do turismo, com várias pousadas. “Eu vim aqui para fazer uma proposta para Riversul fazer o mesmo. Como é forte na agricultura, esta poderá entrar com 3% da produção para a constituição do fundo”, propôs o senador que se prontificou em intermediar entendimentos do prefeito Zicão de Riversul com o prefeito de Santo Antonio do Pinhal, José Augusto de Guarnieri Pereira(PT) para obtenção do modelo da lei para formalizar legalmente isso.

Suplicy falou também de seu livro “Renda Cidadã Saída Pelas Portas”, importante obra que ajuda a diminuir as desigualdades socioeconômicas de um povo, presenteando e autografando dois únicos exemplares que trouxe: um para o prefeito e outro para o vereador Luciano Pinheiro, presidente da Casa. Aos demais presentes, o senador mandou distribuir a CARTILHA   produzida por Ziraldo numa linguagem simples a acessível a todos. 

Após o fim do evento na Câmara, o prefeito Zicão se dirigiu com Suplicy até a prefeitura, onde entregou um dossiê com todas as irregularidades e os procedimentos jurídicos contra a administração anterior, as quais podem fazer com que repasses do governo federal sejam interrompidos. Zicão pediu ao senador para que interceda junto aos órgãos responsáveis pelos repasses no sentido evitar a interrupção, que fatalmente prejudicaria muito Riversul e que os informe também que o município está com um novo prefeito, no cargo a apenas 4 meses.

Suplicy_recebe cópias de documentos de irregularidades administrativas1_a

Em seguida, um pouco antes das 22h o senador seguiu para residência do prefeito onde, em companhia deste e seus familiares jantou um arroz com frango, e em seguida, ainda em baixo de chuva retornou à capital.

Prefeito Zicão e o senador Eduardo Suplicy_aSuplicy com familiares de Zicão1_aSuplicy com familiares de Zicão2_aSuplicy com familiares de Zicão3Suplicy em jantar na casa de Zicão

Compartilhar

Notícias relacionadas