Transfusão inédita é realizada no Hemocentro do HCFMB; receptor foi jovem com leucemia na UTI

No início deste mês, o Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) realizou um procedimento inédito em sua história: a primeira transfusão de granulócitos, células de defesa do organismo responsáveis pelo combate e eliminação de infecções.

O procedimento é recomendado a pacientes que não têm células de defesa no organismo por um tempo prolongado, geralmente com o diagnóstico de algum tumor na medula óssea ou infecções muito graves.

A transfusão teve como receptor um paciente jovem do sexo masculino e internado na UTI com leucemia, sem produção de células de defesa há 15 dias.

Maíra Masiero (Relações Públicas / Comunicação Interna – Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing)

Compartilhar

Notícias relacionadas