86 novos médicos: Colação de Grau da 52ª Turma de Medicina da FMB-Unesp

Solenidade foi realizada no dia 24 de janeiro no Ginásio de Esportes da FCA – O Ginásio de Esportes da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp (FCA), câmpus do Lageado, foi palco, no início de noite do dia 24 de janeiro, da solenidade de formatura da 52ª turma de medicina da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB|Unesp).

Era um momento de glória, afinal 86 novos médicos participaram da cerimônia de colação de grau.

O tradicional evento reuniu diretores, professores, membros da Congregação da Instituição, autoridades de Botucatu, funcionários, alunos e ex-alunos do curso e familiares dos formandos.

“Essa noite, repleta de emoções e significados, é de enorme importância para a Faculdade. Marca o final de um processo e nos possibilita apresentar publicamente à comunidade os novos médicos e médicas formados pela FMB”, disse a diretora da FMB, professora Maria Cristina Pereira Lima (Kika). A dirigente lembrou que a jornada é desafiadora e a vitória dos formandos é fruto de uma conquista individual e familiar. “Essa turma é a primeira turma de medicina da Unesp a ter sido contemplada com ingresso por cotas para ações afirmativas. E isso é motivo de muito orgulho para a FMB e Unesp”, complementou.

Para a oradora da 52ª turma, Isabela Assunção Velho, houve uma entrega dos formandos, desde o início da graduação, na organização e participação de projetos acadêmicos, como Congressos, Simpósios, etc. “Nós descobrimos que aqui dentro ser médico é muito mais do que diagnosticar uma doença e tratar a causa e sintoma, descobrimos que ser médico é inexoravelmente ser humano, é empatia, é se doar ao outro, é tentar compreender e amenizar com o que pudermos a dor do outro que não se cura com um simples analgésico”, frisou.

“Vocês são muito fortes, mas eu preciso dizer que tem um sustentáculo que, se não existisse, não permitiria que vocês chegassem aqui”, disse a patronesse 52ª turma, professora Joelma Gonçalves Martin. Ela se referiu aos mestres, amigos de classe e família como o sustentáculo dos formandos durante toda graduação. A docente relembrou de passagens vivenciadas pelos alunos que mostraram a relação de amizade que foi construída entre professores e alunos.

O paraninfo da 52ª turma, professor Vidal Haddad Jr, ressaltou que “fazer uma Faculdade longe de casa é o primeiro passo para o infinito. É a saudade que dói, tempera e é o tempo que amadurece vocês”. O docente ressaltou a importância dos valores que os alunos trazem de casa (família), o que contribui ainda mais para o processo de formação profissional. “Vocês não venceram por acaso. A vantagem de estudar aqui (FMB e HCFMB) é o contato muito próximo aos professores e residentes e onde nada é feito com pressa; isso não tem preço”, concluiu.

Após os primeiros discursos, foi realizado o ato de juramento dos formandos, conduzido por Isabelle Stefan de Faria Oliveira, e, ato contínuo, a entrega dos diplomas. A programação contou ainda com apresentação musical da orquestra L’Orchestra. (Do Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing, da FMB/Unesp)

Compartilhar

Notícias relacionadas