Do Projeto Guri Botucatu para o Conservatório de Tatuí

Vitor Prado - aluno do projeto Guri (1)Vitor Prado, 16 anos, aluno do curso de contrabaixo no Projeto Guri em Botucatu, acaba de ser aprovado no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí “Dr. Carlos de Campos”, reconhecido como um dos maiores centros de música, luteria e artes cênicas do Brasil. O jovem, que começou tocando percussão em 1998, no projeto Pérola Negra, entrou para o Guri em junho de 2010, onde passou a aprender contrabaixo.

“É um instrumento diferente de todos”, diz.

Vitor Prado - aluno do projeto Guri (2)O Guri, segundo Vitor, foi fundamental para seu ingresso no conservatório, visto que tudo o que sabe sobre o instrumento aprendeu no polo de Botucatu. Já o professor André Gim aponta que a importância dessa conquista de Vitor Prado deve-se ao fato do aluno ter desenvolvido seu talento e ser incentivado a dar continuidade à sua carreira musical fora do projeto. “Para o projeto, a entrada de Vitor no Conservatório de Tatuí é gratificante, pois significa que o aluno tomou gosto pela música e pelo instrumento, querendo ir além”, afirma André.

Sobre o Projeto Guri – O Projeto Guri atua em Botucatu desde abril de 2010, funcionando no período da tarde, das 13h30 às 17h30, e está instalado no Espaço Cultural “Antônio Gabriel Marão”, localizado na Avenida Dom Lúcio, Centro, oferecendo aulas de violino, violoncelo, viola clássica e canto coral. Lembrando que, para participar do Guri, os alunos devem ter de 6 a 18 anos incompletos.

O Guri é um projeto socioeducativo e completou 16 anos em 2011. Ele está sob a gestão da Associação Amigos do projeto Guri [AAPG], tendo como principal parceiro mantenedor o Governo do Estado de São Paulo. São oferecidos, no período de contra-turno escolar, cursos de iniciação e teoria musical, coral e instrumentos de cordas, madeiras, sopro e percussão, sendo os instrumentos concedidos pelo próprio projeto. Hoje o Guri atende 54 mil crianças em 414 polos distribuídos em 310 cidades do Estado de São Paulo.

Abertura de vagas no período da manhã – O projeto pretende expandir o polo de Botucatu para atender, também, no período da manhã. “Para isso, já possuímos a infraestrutura e o apoio da nossa parceira, que é a Prefeitura. Só estamos esperando a autorização da sede do projeto, que fica em São Paulo, para a ampliação das vagas”, afirma Vinicius Henrique Bernardo Lopes, coordenador do polo de Botucatu. Ainda não há data prevista para a abertura de vagas no período da manhã.

Serviço
Projeto Guri
Endereço: Avenida Dom Lúcio, 755, Centro
Telefone: 3882-0133 Ramal 25

Compartilhar

Notícias relacionadas