Governador entrega novos trens da CPTM

O governador Geraldo Alckmin e o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, entregaram mais três novos trens para a operação da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), nesta terça-feira, 26. O evento foi realizado na estação Brás, e incluiu uma visita ao Centro de Controle Operacional (CCO), um dos mais modernos das ferrovias brasileiras. 

“Esta é uma linha muito importante. São três trens, oito carros cada um, então são 24 carros zero quilômetro, todos com ar condicionado, portas mais largas, conforto, segurança, motorização bem maior. E é impressionante, nós viemos de trem do Brás até aqui ao Tatuapé e você mal distingue se é trem ou metrô pelo conforto e pela segurança”, afirmou o governador. 

As novas composições fazem parte de um total de 105 trens adquiridos pela CPTM recentemente. Com essas três unidades, o número de novos trens entregues chega a 50, todos equipados com tecnologia de ponta como ar-condicionado, câmeras de vigilância, sistema de informação audiovisual (monitores de vídeo e displays). Inicialmente, os três novos trens entrarão em operação na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana), mas poderão circular em todas as linhas da CPTM, de acordo com a necessidade operacional. 

As seis linhas da CPTM também passam por um processo de revitalização, com aquisição de trens, modernização de estações e da infraestrutura, com implantação de sistemas de sinalização, telecomunicações, energia, rede aérea e via permanente. 

Modernidade nos trilhos paulistas 

Fabricados pela CAF, os três novos trens, com oito carros cada, possuem design arrojado na parte externa, que traz a nova comunicação visual da CPTM, com predominância de vermelho, além das cores cinza e branco. A parte interna também tem layout moderno e funcional. 

As composições são equipadas com sistema de monitoramento por câmeras no interior dos carros, além de câmeras externas no primeiro e último carros que mostram a movimentação na plataforma da estação. Os trens são totalmente acessíveis para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas