Itapeva tem superávit na oferta de empregos

De acordo com o departamento de comunicação da Prefeitura de Itapeva(93.950 habitantes), com a geração de 7.487 postos formais de trabalho (com carteira assinada) nos primeiros sete meses de 2010, o município criou um dos maiores volumes acumulados (de janeiro a agosto) de vagas de toda a região Sudoeste Paulista. De acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no mesmo período foram demitidos 6.116 trabalhadores, num superávit de 1.371 contratações.


O destaque destes sete meses é o fato de o município já ter gerado 226,1% mais postos de trabalho formais do que todo o ano de 2009. O setor que mais empregos formais criou no acumulado janeiro a agosto de 2010 foi a Construção Civil com 325 contratados contra 180 desligados, num aumento de 145 admissões. Nesse setor, o município conta com 117 estabelecimentos registrados no MTE.

A administração pública, no entanto, é o setor que mais contrata. Desde janeiro até agosto, foram realizadas 1.266 novas contratações contra 560 exonerações. O saldo é de 560 novas vagas.

O comércio de Itapeva também apresenta números positivos. Foram 1.725 admissões e 1.513 desligamentos. A variação é de 212 vagas. Ainda de acordo com o MTE, o comércio de Itapeva hoje conta com 2.099 estabelecimentos comerciais. O número geral de empregos formais é de 4.057.

Para o prefeito Luiz Cavani, o aumento no número de empregos formais demonstra a reativação da economia e a confiança demonstrada pelo investidor nas políticas públicas adotadas no município. “Uma cidade que tem suas contas em dia, que conta com fortes associações de classe e investimentos no desenvolvimento pode demonstrar números como esses”, diz. (Juliana Oliveira, da Assessoria de Comunicação Social de Itapeva-SP)
 
Compartilhar

Notícias relacionadas