Missão será “fazer mais e ainda melhor”, afirma nova ministra da Agricultura

Tereza Cristina assumiu função na manhã desta quarta-feira (2); novos secretários também foram empossados
Missão será “fazer mais e ainda melhor”, afirma nova ministra da Agricultura

Após ser oficialmente empossada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (1º), Tereza Cristina assumiu o cargo de ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em cerimônia realizada na manhã desta quarta-feira (2). Em seu discurso, a nova chefe da pasta destacou o legado deixado pela gestão anterior e anunciou que, a partir de agora, a missão será “fazer mais e ainda melhor”.

“Temos a obrigação de fazer um grande mandato e entregar para os produtores rurais brasileiros aquilo que eles esperam deste novo ministério, neste novo governo”, afirmou Tereza Cristina durante a solenidade de transmissão de cargo. O evento contou com a presença de ministros, senadores, deputados federais e secretários, entre outras autoridades.

Reduzir a burocracia sem abrir mão da segurança dos processos será, segundo a nova ministra, um dos principais objetivos da nova gestão. “Simplificar não significa precarizar”, explicou. Ela ressaltou ainda outras prioridades, como a segurança jurídica no campo, a modernização dos trabalhos da pasta e a oferta de crédito para produção rural.

A nova ministra também celebrou o retorno da pesca e da aquicultura (área voltada para as técnicas de cultivo em ambientes aquáticos) e da agricultura familiar à estrutura da pasta. “Teremos um só ministério, que olhará com igual destaque para todos os produtores rurais brasileiros, independente dos seus portes”, assegurou.

Equipe
Durante a cerimônia, também foram empossados os novos secretários do Ministério, que são: Eduardo Sampaio Marques, secretário de Política Agrícola; José Guilherme Tollstadius Leal, secretário de Defesa Agropecuária; Jorge Seif Júnior, secretário de Aquicultura e Pesca; Fernando Henrique Kohlmann Schwanke, secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo; Orlando Leite Ribeiro, secretário de Relações Internacionais do Agronegócio; Luiz Antônio Nabhan Garcia, secretário de Assuntos Fundiários. A Secretaria Executiva da pasta ficou sob a responsabilidade de Marcos Montes.

Fonte: Planalto

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de