Nem a chuva atrapalha o Corpus Christi

Este ano o feriado de Corpus Christ em Itaporanga  começou com tempo chuvoso, o que não permitiu que os católicos que sempre atuaram, começassem a trabalhar logo de madrugada na decoração das avenidas Santa Cruz e Dom Athanásio Merkle e ruas São João, Monte Falco(em frente a Escola Epitácio Pessoa) e na Aparício Fiúza de Carvalho(em frente a Escola Vicente Russo do Amaral). Mas, provavelmente uma Providência Divina interviu proporcionando uma estiagem para que a decoração acontecesse. Homens, mulheres, idosos, jovens e crianças  arregaçaram as mangas e puseram a mão na massa, ou seja, nas tintas, no pó de serra, na palha de arroz, nas latas, nas flores e nos panos para que tudo ficasse pronto para a procissão que acontece logo mais às 14h. Essa comemoração foi instituída há quase 800 anos pelo Papa Urbano IV.

Muitos não sabem sequer o por quê do feriado, mas gostam pelo fato de poderem descansar ou viajar. Porém, a data é muito importante e os católicos praticantes tem a história disso na ponta língua.

De acordo com o site www.vivos.com.br, a origem da solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta ao século XII. A Igreja sentiu necessidade de realçar a presença real do "Cristo todo" no pão consagrado. Esta necessidade se aliava ao desejo do homem medieval de "contemplar" as coisas. Surgiu nesta época o costume de elevar a hóstia depois da consagração.

 Disseminava-se uma controvertida piedade eucarística, chegando ao ponto das pessoas irem à igreja mais "verem" a hóstia do que para participarem efetivamente da eucaristia

A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula ‘Transiturus’ de 11 de agosto de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes. O Papa Urbano IV foi o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège na Bélgica, que recebeu o segredo das visões da freira agostiniana, Juliana de Mont Cornillon, que exigiam uma festa da Eucaristia no Ano Litúrgico. 

 

 

 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas