Sem tiros e mais próxima da comunidade, Guarda Municipal de Botucatu é modelo para outras cidades do país

Em evento organizado na manhã desta sexta-feira [18], na sede da Guarda Civil Municipal [GCM], foi apresentado, oficialmente ao prefeito João Cury Neto, o balanço das atividades da corporação no ano de 2010, que contabilizou 31.846 ações praticadas junto à comunidade botucatuense.

Estão incluídas nas ações da Guarda: o patrulhamento preventivo; orientações em geral; fiscalização de alvarás em estabelecimentos comerciais; atendimentos de ocorrências; prisões em flagrantes e capturas de condenados pela Justiça. Destaque para as ocorrências ligadas à mediação de conflito e perturbação do sossego público, com 1.736 ocorrências atendidas prontamente pela GCM.

“São mais de 25 mil ações preventivas, sem ao menos disparar um único tiro. Isso mostra o potencial e preparo de nossos guardas”, ressalta o comandante da Guarda Municipal, Paulo Renato da Silva.

O Grupo de Ações Preventivas Especiais [Gape] foi outra novidade da GCM em 2010 e que ajudou a contabilizar um número maior de ocorrências. Com atuação ostensiva em bares e regiões mais vulneráveis à violência da Cidade, e boa parceria estabelecidas com as demais polícias, o grupamento foi responsável pela apreensão e flagrantes de uso e tráfico de drogas registradas em 89 ocorrências e por 40% das 97 prisões efetuadas no ano passado.

O Patrulhamento Ambiental percorreu 38 mil quilômetros em toda área rural do Município e registrou a marca expressiva de 300 atendimentos. O reforço no monitoramento e a montagem de uma base da GCM também possibilitou que o Terminal Rodoviário não registrasse sequer um delito em 2010.

“Hoje a Cidade tem orgulho da Guarda. Mas esse reconhecimento só foi possível depois que o prefeito João Cury investiu nela, com equipamentos de monitoramento, novas armas, coletes, viaturas, uma delas inclusive blindada, e diversos treinamentos”, frisa secretário municipal de Segurança, Dr. Adjair de Campos. “Somos obrigados a fazer o mesmo e melhor, buscando sempre a transversalidade com as demais áreas como a Educação, Meio Ambiente e Assistência Social. Por isso a Guarda de Botucatu se tornou modelo para 25 cidades do País”, completa.

Representando as Policias Militar e Civil, respectivamente, o capitão José Semensati Júnior, e o delegado seccional Antônio Soares da Costa Neto também foram só elogios à Guarda Municipal, que em 2011 completa cinco anos de existência. “Junto com a Guarda estamos de mãos dadas trilhando o caminho da paz, e quem ganha com isso é a comunidade botucatuense”, disse Semensati. “Sou um defensor fervoroso da GCM, que para mim deve ser reconhecida como uma força policial”, defendeu Neto.

Com a apresentação dos números de 2010, o prefeito João Cury não exitou em dar créditos à participação da GCM no excelente índice recentemente divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, no qual aponta Botucatu como o menos violento entre os 75 municípios com mais de 100 mil habitantes do Estado de São Paulo.

“Botucatu registrou apenas dois homicídios dolosos em 2010 não só pela parceria e inteligência das policias como também o trabalho preventivo da Guarda, que tem se mostrado uma Guarda amiga e comprometida com a população. Antigamente se cobrava muito da GCM, mas ela não tinha condições de trabalho. Nosso governo acreditou nela, mas agora também cobra metas e essa transparência”, discursou o prefeito.

Em pouco mais de dois anos da gestão João Cury/Profº Caldas, a GCM se renovou, modernizou e ganhou reconhecimento da população botucatuense. Hoje ela conta com o efetivo completo de 65 agentes, a maioria (quase 80%) com curso de nível superior. Antes do início da atual gestão do Governo Municipal, a Guarda possuía apenas 32 componentes, isto é, menos de 50% do atual efetivo.

Além do trabalho preventivo e atendimento à comunidade, a Guarda investe no futuro da sociedade: as crianças e jovens. Através do “Patrulha da Paz” e do “Cidadania e Civismo”, projetos que estimulam a cultura de paz dentro e fora das escolas, a GCM quer atingir um número maior de alunos da Rede Municipal de Ensino em 2011.

Principais ocorrências de 2010
• Entorpecente (tráfico/uso/apreensão) – 89
• Paz Pública (mediação de conflitos/perturbação do sossego público) – 1736
• Averiguação de suspeito – 1053
• Meio ambiente – 296
• Defesa Civil – 179
• Auxílio comunitário – 498
• Apoio a outras instituições – 644
• Prisões (flagrantes/capturas de condenados da Justiça) – 97

Serviço
A GCM de Botucatu [199] está a disposição da população 24 horas, todos os dias da semana, pelo telefone 199. A Guarda Civil Municipal esta localizada na Rua Vitor Atti, 145 V. Lavradores.

 

Compartilhar

Notícias relacionadas